PTC, NASA e Case Western University criam parceria para preparar alunos de engenharia

O objetivo é fortalecer o currículo de Engenharia e preparar os alunos para o mercado

 

A PTC, empresa especializada em soluções de TI para indústrias, criou um programa, em conjunto com a Case Western Reserve University, localizada no estado de Ohio, nos Estados Unidos e com a Nasa, para apoiar o projeto denominado Space, da sigla em inglês para “Parceiros Estratégicos para o Progresso da Engenharia Colaborativa”. A iniciativa reúne empresas líderes globais no desenvolvimento de produtos e profissionais de universidades de engenharia e de negócios com o objetivo de fomentar parcerias para educação e pesquisa. A ideia é incentivar a colaboração entre a indústria e a área acadêmica, além de propiciar experiências significativas focadas na solução de Gestão do ciclo de vida do produto (PLM , sigla em inglês).
 
“A comunidade acadêmica precisa despertar o interesse dos alunos e, depois, manter esse interesse para que sigam carreira nas áreas técnica e de engenharia”, destaca Michael Grieves, consultor da Nasa especializado em PLM. “Quanto antes os alunos se envolverem com projetos significativos e com o uso de softwares específicos, melhor estarão preparados para empregar esse conhecimento em suas carreiras. São esses  profissionais que utilizam as tecnologias digitais que criam,  fabricam e que vão fazer chegar ao mercado a próxima geração de produtos “, enfatiza.
 
“A Case Western Reserve orgulha-se de proporcionar a seus alunos uma educação que combina teoria e aplicações práticas em um currículo integrado”, afirma Iwan Alexander, presidente do departamento de Engenharia Mecânica e Aeroespacial da universidade. “A possibilidade de trabalhar com a PTC e com o Nasa Glenn Research Center vai ajudar nossos alunos a se tornarem mais atraentes para os empregadores em função da oportunidade de aplicar os conhecimentos adquiridos em design e fabricação relacionados a problemas reais do setor aeroespacial”.
 
Para esse projeto, a PTC irá doar as soluções PTC Windchill (PLM) e o PTC Creo (CAD/CAM/CAE), bem como toda a infraestrutura de hardware no sentido de criar um ambiente propício para que os alunos possam projetar, testar e simular novos produtos. Com essa iniciativa, a PTC irá formar o núcleo Product Lifecycle Management of Excellence da Case Western Center que será integrado ao currículo de Engenharia da universidade. A Case Western University e o Glenn Research Center da Nasa, por outro lado, irão trabalhar em conjunto para fornecer aos alunos projetos que deverão ser finalizados por eles, dando-lhes assim uma oportunidade de entender o ambiente de produção e implementar as melhores práticas em um projeto real.
 
“O trabalho de engenharia mudou. A globalização do processo de design, o aumento da complexidade do produto e da pressão regulatória contribuíram para a conscientização de que a solução de PLM e o trabalho colaborativo tornaram-se habilidades necessárias para os graduados”, alerta John Stuart, vice-presidente sênior de Educação da PTC. “A PTC tem o compromisso de apoiar indivíduos e instituições dedicados à educação de qualidade, contribuindo para otimizar o desenvolvimento do produto moderno”.
 
A Plataforma Acadêmica Windchill é administrada e mantida  pela PTC e pela Case Western Reserve University, e oferece uma solução PLM on-demand, pré-configurada e fácil de implementar, servindo de exemplo para outras universidades norte-americanas. A plataforma inclui o acesso aos módulos PTC Windchill ProjectLink , PTC Windchill PDMLink e PTC Windchill RequirementsLink, e também irá incluir um programa para o desenvolvimento de instrutores. Esta plataforma permite integrar os conceitos de PLM em currículos existentes, capturar dados de engenharia mecânica, colaborar com as equipes de alunos e dar a eles uma visão de um ambiente moderno de desenvolvimento de produto que vem sendo usado por 27 mil empresas no mundo todo.



Comentários