Noruegueses querem construir Centro de Pesquisa no ES

A intenção é montar um núcleo de tecnologia no setor de petróleo e gás.

Um grupo de noruegueses do Instituto Sintef do Brasil esteve no Espírito Santo na semana passada para visitar instituições de ensino, empresas e Governo do Estado com o objetivo de apurar informações para a implantação de um núcleo de tecnologia no setor de petróleo e gás. A intenção dos representantes é montar um Centro de Pesquisa no Brasil visando inovação tecnológica no segmento e o Espírito Santo é forte candidato a receber o projeto.

Na ocasião, o secretário da  Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho (Sectti), Jadir Péla, enfatizou a nova fase de crescimento em inovação do Estado como ponto forte para atrair investimentos. "O Espírito Santo vive um salto considerável na produção científica e tecnológica com a Lei e o Fundo de Inovação, já sancionados. Esse cenário propicia um ambiente produtivo inovador e gerador de oportunidades de negócios".
 
Na opinião do secretário de Estado de Desenvolvimento, Nery De Rossi, a aproximação com os noruegueses foi de grande importância, já que as instalações e os projetos relatados impressionaram os visitantes, colocando o Espírito Santo em posição favorável para receber o Núcleo Tecnológico. "O Estado tem grande potencial de receber este projeto, visto que as instalações e os projetos avaliados são semelhantes aos que eles possuem na Noruega. A partir de agora, eles irão avaliar as necessidades e continuar os contatos com as instituições e Governo do Estado para alavancar essa ideia de instalação este centro de pesquisa em terras capixabas". 
 
O Instituto Sintef do Brasil é uma instituição de pesquisa sem fins lucrativos, subsidiária brasileira do Sintef, a maior organização da Escandinávia dedicada a atividades de pesquisa e desenvolvimento. O objetivo é oferecer suporte a empresas brasileiras e internacionais em suas atividades de pesquisa, desenvolvimento e processos de inovação.
Tópicos:



Comentários