Características dos aços rápidos

Os aços rápidos estão nas ferramentas de corte, conheça a classificação e compare sua velocidade e resistência com outros materiais

Aços rápidos são materiais para ferramentas, desenvolvidos para uso em aplicações de corte de metais em alta velocidade. Sua utilização é bastante comum e está presente ferramentas de corte em geral, brocas, alargadores, machos para roscas e fresas. Podem também ser utilizados para operações de conformação a frio como matrizes para corte de discos e laminadores de roscas.

Estes aços têm grande capacidade de usinar metais com velocidades de corte superiores às dos aços carbono de baixa e média liga. A dureza destes aços não se altera com o aumento da temperatura em serviço. Tem boa estabilidade dimensional e boa tenacidade.





Os aços rápidos são fornecidos normalmente recozidos, com microestrutura de carbonetos esferoidizados dispersos em matriz ferrítica. Para a sua utilização há necessidade de temperá-los e a microestrutura é composta de carbonetos complexos em matriz martensítica.

Existem duas classificações: aços rápidos ao molibdênio (grupo M) com carbono na faixa de 0.75 a 1.52% e molibdênio entre 4.50 to 11.0%, e aços rápidos ao tungstênio (grupo T) que tem teores similares de carbono, mas altos teores de tungstênio, entre 11,75 e 21 %.

A tabela abaixo mostra a composição química para vários tipos de aços rápidos, das classes T e M.

 

Tópicos:
     



Comentários