Novo CAD da SolidWorks chega em outubro

Em maio, o SolidWorks Mechanical Conceptual será testado em ambiente de produção


Continua depois da publicidade


Entre os dias 20 e 23 de janeiro de 2013, aconteceu em Orlando, nos Estados Unidos, a 15ª edição do SolidWorks World, evento da Dassault Systèmes SolidWorks, que contou com cerca de 4.500 pessoas, entre clientes, parceiros, revendedores e funcionários da empresa. 

Na ocasião, foi anunciado o lançamento do SolidWorks Mechanical Conceptual. O software de CAD faz parte da Plataforma Dassault Systèmes 3D Experience e é voltado, como o próprio nome diz, para o design conceitual. 
 
Segundo o CEO da Solidworks, Bertrand Sicot, o software é intuitivo e muito fácil de usar, além disso, será complementar aos demais produtos da empresa. "Em um projeto, 31% do tempo é gasto com o desgin conceitual e a cada 4 engenheiros, 3 estão envolvidos com esse tipo de design", define Sicot.
 
Um projeto em andamento no SolidWorks Mechanical Conceptual poderá ser acessado por outros membros da equipe e clientes, através de comunidades privadas, facilitando o compartilhamento de conteúdo e ideias. "Em maio, teremos alguns clientes selecionados já utilizando o produto e esperamos que até outubro ou novembro já esteja disponível no mercado para todos usuários", afirma. No Brasil, uma empresa do setor de equipamentos industriais fará parte dos testes em ambiente de produção, também a partir de maio. 
 
Para o vice-presidente de gerenciamento de produto da SolidWorks, Fielder Hiss, a grande vantagem do SolidWorks Mechanical Conceptual é que com ele é possível acessar a informação a qualquer hora, em qualquer lugar. "Além disso, quanto antes o engenheiro identifica um problema no projeto, mais cedo poderá consertá-lo, economizando tempo e dinheiro", avalia. 
 
Sicot garante que as melhorias e novos softwares, não irão tornar a versão atual mais cara. O diretor de gerenciamento de produto da SolidWorks, Kishore Boyalakuntla, afirma que o novo software poderá ser aberto em qualquer programa de CAD. Ele explica ainda que o produto deverá ser um "sucesso", já que o cliente não precisa ser de uma área específica, pois o Conceptual é abrangente e "serve para qualquer empresa". 
 
O produto é voltado para a primeira fase do projeto, na qual há uma ideia de design do novo produto. Assim, pode-se ter uma noção inicial, compartilhar a ideia com a equipe, chefia e clientes, para então partir para o projeto mais complexo. "Se você tem a ideia, é só criar o produto no SolidWorks Mechanical Conceptual", define Boyalakuntla.      
 
Nova versão SolidWorks
O SolidWorks World 2013 também serviu de palco para a DS SolidWorks apresentar possíveis funcionalidades que devem estar presentes no SolidWorks 2014, que deve ser lançado no último trimestre de 2013. 
 
Segundo o gerente técnico da América Latina da Solidworks, Timoteo Müller, tem que esperar a versão final, porque ainda podem haver modificações. Ele ressalta que dentre as funcionalidades que podem ser incorporadas, algumas são bem importantes para o setor metalmecânico. Um dos recursos é o de conformação aplicada na chapa metálica e, na parte elétrica, o possível reaproveitamento de chicotes no projeto, no qual o software vai recalcular a rota e apenas editar as informações. Assim como novos recursos de desenho, detalhamento e gerenciamento de listas de materiais.
 
Müller explica que os pedidos e sugestões de clientes inspiram 92% das funcionalidades de um produto da SolidWorks. E os usuários não perdem tempo. No SolidWorks World 2013 já divulgaram uma nova lista de "pedidos", como verdadeira compatibilidade com versões anteriores do software, opção para o espaçamento igual em padrões lineares e assistente de rosca externa para todos os tipos de rosca. 
 
Para saber mais novidades apresentadas no SolidWorks World 2013, acesse aqui
 
 
 
Por Karine Wenzel/ CIMM
 
*Karine Wenzel viajou a Orlando a convite da DS SolidWorks 

 




Comentários