Bons resultados com o uso racional da água

Fonte: Jornal do Meio Ambiente - 03/04/07

O programa de redução de consumo de água na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) mostra bons resultados desde que foi adotado há três anos. Em 2006, foram utilizados 522,2 mil metros cúbicos, bem menos que os 623,2 mil metros cúbicos de 2005 e os 667,3 mil metros cúbicos do ano anterior. O uso racional da água ocorre em todas as dependências da companhia, que abrangem, entre outros, 87 estações, pátios, oficinas de manutenção e prédios administrativos, distribuídos por 22 municípios.

A empresa instalou sistemas de captação e de reutilização de água das chuvas em todos os projetos de modernização das 53 estações existentes e na construção das novas. A água é reaproveitada na limpeza, em bacias sanitárias (vasos e mictórios) e em serviços de jardinagem. A técnica consiste num grande reservatório de 30 metros cúbicos na cobertura das estações, tubulação independente para encaminhar o líquido captado para um reservatório de amortecimento e depois para outro de reaproveitamento, onde é feita adição de cloro para desinfecção.

A CPTM mantém fiscalização freqüente nos sanitários, para evitar desperdício. Também acompanha a limpeza das plataformas e áreas operacionais. Atualmente, instala torneiras temporizadas, para regulagem das válvulas automáticas de descarga, e monitora diariamente o consumo.Trabalho conjunto " As constantes inspeções, em especial nas tubulações mais antigas, em pátios e oficinas, propiciam à empresa a troca imediata de tubos quando é identificado vazamento. O uso racional é também preocupação constante das equipes de manutenção dos trens e locomotivas. O programa de redução de despesas com água nessa área tomou fôlego com o acompanhamento do consumo por meio de leitura direta dos medidores instalados em todos os abrigos e oficinas.

Com o controle mensal e a análise de resultados, foi possível realizar trabalho conjunto entre as áreas dos abrigos e oficinas e a da manutenção de edificações, para eliminar pontos de vazamento e desperdícios.

Em diversos lugares do planeta, milhares de pessoas sofrem com a escassez de água, bem precioso e insubstituível, essencial à vida. Estima-se que no futuro haverá confrontos em busca de água potável. O Brasil detém 1,6% de toda a água doce do mundo. Temos o maior rio do mundo, o Amazonas, e a maior parte do Aqüífero Guarani, enorme reservatório subterrâneo.
Tópicos:



Comentários