Automata 2.5 da Iemca é inédito na América do Sul

Foto: Grupo Bucci Industries

A família Iemca, uma das marcas que fazem parte do Grupo italiano Bucci Industries, lança seu mais novo equipamento que passa a ser comercializado no Brasil, o alimentador de barras Automata 2.5. Visitantes da Feira Internacional da Mecânica, realizada entre 13 a 17 de maio, em São Paulo, poderão conferir a novidade no estande das indústrias Romi.

O novo equipamento da Iemca aumenta o leque de soluções oferecidas pela tradicional marca de alimentadores de barras para tornos, que detém cerca de 70% do mercado nacional. O Automata possibilita a automatização de processos de carga e descarga de peças, principalmente quando requerem cuidados especiais durante a manipulação.

Embora já comercializado na Europa e nos Estados Unidos, essa é a primeira vez que o Automata será mostrado na América do Sul. No evento, o equipamento poderá ser visto em funcionamento com o centro de torneamento Romi E280-A. “Os equipamentos de automação de carga e descarga garantem um melhor padrão de qualidade do produto final, além de permitir o trabalho em vários turnos, mantendo o nível de qualidade e produtividade. A vantagem do sistema integrado é que nossos clientes recebem um conjunto completo”, afirma o diretor de Tecnologia da Romi, José Carlos Romi.

O Automata 2.5 possui magazine de prateleiras e de empilhamento, carrega e descarrega peças de até 2,5 kg em tornos, centros de usinagem, geradores de engrenagens e outros tipos de máquinas e tecnologias. O equipamento também está disponível na versão 5.0, para peças de até 5 quilos.

Para o diretor geral da Bucci Industries Brasil, Rogério Fuzaro, a exposição em conjunto com a Romi demonstra a confiança que a marca Iemca tem no mercado. “A Romi já havia apresentado o Automata adaptado a um centro de torneamento na feira EMO, na Alemanha, e em outro evento na Suécia. Agora estendemos nossa parceria e com esta oportunidade, teremos uma máquina no estande da maior fabricante de máquinas-ferramenta do país. Isso mostra que a tecnologia oferecida pela Iemca é confiável”, afirma.

O Automata 2.5 pode ser customizado no processo turn key (chave na mão), para atender as necessidades de cada cliente. “Outra vantagem é que esse sistema automatizado é mais preciso e aumenta a produtividade com eficiência, já que o tempo de carga e descarga é de apenas sete segundos”, destaca Fuzaro.

Segundo José Carlos Romi, a aceitação do sistema integrado com a Iemca nas feiras internacionais foi positiva. “A Alemanha e a Suécia, por exemplo, são mercados que exigem equipamentos muito automatizados. O alimentador de barra é o primeiro estágio do processo de automação em centros de torneamento, mas no Brasil essa demanda ainda está em fase de crescimento, ao contrário do mercado europeu, já estável”, diz.

O diretor da Romi afirma ainda que a empresa decidiu demonstrar nesses eventos o sistema integrado com a Iemca, pois a marca faz parte de um grupo que está presente no mundo todo. “A Bucci é um fornecedor global, que pode suprir nossas máquinas em vários mercados”, finaliza.
Tópicos:
        



Comentários