Contaminação por veículos e motores

Foto: www.paralerepensar.com.br

O professor Francisco Emilio Coutinho Goux - argentino, neto de brasileiros - é um grande estudioso sobre a contaminação provocada por veículos e motores. Essa é a sua especialidade e formação, a mecânica. Também está escrevendo o livro "Ética ecológica para crianças". Gentilmente, ele foi ouvido pela equipe do Eco&Ação e prestou alguns esclarecimentos importantíssimos sobre combustíveis.

1. Professor, qual a sua opinião sobre os biocombustíveis?

Eu acredito no biodiesel total, ou seja 100% vegetal; e já ficou comprovado que este produz menos CO2, ou seja, quase não produz resíduos MP.

2. Resíduos MP?


MP é 'Material Particulado' que produzem os motores a Diesel, aquela fumaça negra. Chama-se assim pois é muito pequeno, tem MP 10 a MP 2,5 Micras; essas partículas são tão pequenas que chegam até os alvéolos pulmonares, onde ocorre o intercâmbio de oxigênio e sangue, por isso é tão perigoso. São pequenas esferas de carvão, que levam de carona produtos cancerígenos. Para que tenha uma idéia, elas transportam porções de lubrificante do motor. Peço que leia nos envases de lubrificante: "Manter fora do contato com a pele". Imagine em contato com o sangue e dentro dos nossos pulmões?

Esta substância foi achada nas partículas de "carvâo" dos escapamentos de motores a Diesel, com o teste de Ames (teste para determinar o potencial cancerígeno de substâncias, feito com Salmonela. Ames é um cientista norte-americano que desenvolveu um sistema para identificar o potencial cancerígeno de substâncias).

O Instituto da Saúde de Tókio/Hitomi Susuki comprovou que produz até 6 milhões de mutações no DNA de sangue de ratos. Significa 6 milhões de possibilidades de desenvolver câncer. Explicando melhor: 3-NITRO BEZANTRONA é a substancia cancerígena presente nas partículas de escapamento Diesel, que pode modificar até 6.000.000 de vezes o DNA de cepas bacterianas (Salmonela-Tipirium). A fonte desta informação é The Independent, jornalista Fred Pierce.

Aí eu fico pensando: quantos óbitos foram conseqüência direta da contaminação atmosférica do Material Particulado dos motores a Diesel (MP-10-MP-2,5), que produz câncer de pulmão? Essa é a razão para melhorar o Diesel brasileiro.

3. Bom, vamos falar de Diesel, palavra que o senhor costuma escrever com letra maiúscula.

Sim. Faço isso em homenagem a Rudolf Diesel, por quem eu sinto um grande respeito; ele é o inventor do motor mais eficiente do mundo. Mas ele também foi o inventor do BioDiesel, ele utilizou azeite de amendoim para fazer funcionar seu protótipo, em 1896. Outro dia, escutei algo surpreendente: que um brasileiro é o inventor do BioDiesel; acho uma piada, uma falta de respeito a Diesel. Por isso, sempre escrevo seu sobrenome com letra maiúscula.

4. O que o senhor acha da qualidade do Diesel produzido no Brasil?

O Brasil precisa melhorar a qualidade do seu óleo Diesel que, hoje, é um dos piores do continente. A tabela de poder calorífico do óleo Diesel vai de 42 a 54 Cetano. O "Novo Diesel 500" (500 ppm), da Petrobras, tem 45 Cetano. É péssimo para os caminhões, ônibus e todo motor que funcione a Diesel. O Chile aposentou, em julho de 2004, o Diesel que aqui chamam de "NOVO 500". Hoje, ele produz o Ciudad Plus (0,005 % Enxofre e 52 Cetano); o México tem o Pemex (0,003% Enxofre e 52 Cetano).

Existe um informe reservado feito pela Petrobras: a Austrália testou o óleo Diesel brasileiro em seus caminhões; o resultado foi: "perda de potência do motor, muitas vibrações e aumento do desgaste de peças pelo baixo poder calorífico (número de Cetano 45), produção de ácidos pelo alto conteúdo de Enxofre".

Além disso, a Petrobras mente quando diz que "tudo o que a gente faz é com responsabilidade social e ambiental".
Ter um óleo Diesel melhor significa menos doenças em crianças, menos abortos espontâneos em mulheres grávidas, menos mortes de idosos asmáticos ou alérgicos. Para que serve ter a melhor gasolina do mundo se, nas estradas, não se pode ultrapassar os 110 Km/hora?

5. E sobre a Petrobras e seu monopólio dos combustíveis?

O Brasil é uma potência em petróleo; a Petrobras ganha muito dinheiro... o barril com 159 litros, para a Petrobras, custa 6 dólares; no exterior o barril sai 100 Dólares. Imagina a grana que entra na Petrobras?

O problema é que a Petrobras tem 40% de investidores estrangeiros, cotiza em Wall Street... assim, explora o povo brasileiro para pagar "dividendos" a estrangeiros. Ela deveria olhar para o povo e baixar os preços. Façam as contas: 1.900.000 barris ao dia? Ela poupa 94 dólares por barril...

6. Diante desses dados letais que o senhor nos repassou, qual o problema da produção de biocombustíveis? Não é melhor abandonar de vez o uso do combustível fóssil?

Um esclarecimento, há 18 anos trabalho em contaminação ambiental de veículos e motores, mas hoje tem muita gente opinando porque está na moda falar de ecologia.

Eu vejo alguns problemas decorrentes da produção de grande quantidade de combustível vegetal. Segundo especialistas da UE (União Européia, fonte The Guardian), se Inglaterra fosse movimentar o transporte que funciona a óleo Diesel, totalmente com biodiesel, teria que parar de produzir alimentos; as terras destinadas à pecuária também teriam que ser utilizadas para plantar grãos. Com isso, seria necessário multiplicar por 5 (cinco) toda a terra útil agropecuária. Impossível!

Um exemplo disso, aqui no Brasil, é a planta da Soyminas, inaugurada pelo presidente Lula em Cassia (MG). Essa planta produz 12.000.000 de litros por ano de biodiesel, ou seja, 1.000.000 de litros ao mês. Como são necessários 70.000.000 de litros para cobrir o Programa de Biodiesel B2, a demanda de grãos disparou. Favoreceu pequenos produtores e cooperativas. Mas muita gente entrou no negócio da SOJA de olho nos lucros, pois o preço da tonelada está aumentando todos os dias.

7. E isso está diretamente relacionado com outro problema: o desmatamento no Brasil e no mundo?


Sim. Essa é a chave do desmatamento e das queimadas no Brasil: o lucro de gente que está de olho na SOJA e na cana-de-açúcar.

Então, não adianta esgotar a fertilidade da terra com plantações para produzir combustíveis se o Brasil tem petróleo assegurado para várias décadas, até 2050 aproximadamente. Para que esgotar a terra agora em 2008?

8. Pra finalizar, professor, por que está escrevendo um livro voltado para as crianças?

Para mim, as crianças são como um computador "novo", você comprou e esta todo limpo, pronto para "gravar" as informações que você deseja que entrem; a idéia é gravar, nas mentes das crianças, costumes que nós, os maiores, não temos: não jogar lixo nas ruas, saber o que contamina, ter consciência dos atos... por isso, "Ética Ecológica para Crianças".



Comentários