Mercado melhora perspectiva para economia em 2020 no Focus, mas vê queda da indústria de quase 8%

O mercado reduziu a expectativa de contração da economia brasileira neste ano pela quinta semana seguida, embora tenha piorado o cenário para a indústria, mostrou a pesquisa Focus divulgada pelo Banco Central nesta segunda-feira (3).

Os especialistas consultados passaram a ver contração de 5,66% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020, contra queda de 5,77% estimada no levantamento anterior. A melhora se deu apesar de a pesquisa mostrar agora uma perspectiva de queda da produção industrial de 7,92%, contra recuo de 7,86% estimado antes.

Para 2021, o mercado continua projetando crescimento do PIB de 3,50%, com a indústria crescendo 4,0%.

O levantamento semanal registrou ainda ajuste no cenário para o IPCA, com alta prevista para este ano de 1,63% contra 1,67%, permanecendo o cálculo de inflação de 3,0% em 2021.

O centro da meta oficial de 2020 é de 4% e, de 2021, de 3,75%, ambos com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

O cenário também não mudou para a política monetária, com a taxa básica de juros Selic ainda estimada em 2,0% em 2020 e em 3,0% em 2021.

O Top-5, grupo dos que mais acertam as previsões, continua vendo a Selic a 1,88% este ano na mediana das projeções, e a 2,25% em 2021.

Tópicos:



Comentários