ZF alcança aterro zero em fábrica do interior paulista

Unidade de Engenheiro Coelho desativa antigo aterro e passa a reciclar 9 mil toneladas de resíduos


Continua depois da publicidade


A fábrica da ZF em Engenheiro Coelho, no interior de São Paulo, alcançou o nível de aterro zero com seu programa de gerenciamento ambiental. Com isso a unidade deixa de enviar mais de 9 mil toneladas de resíduos por ano para área de aterro e passa a reciclar 100% dos resíduos. O antigo aterro com 126 mil metros quadrados de área foi desativo e deu lugar a uma área de conservação permanente com mais de 15 mil árvores nativas.

A ação faz parte do grupo de meio ambiente da empresa, formado por funcionários de várias áreas, como os da produção e da área administrativa das fábricas de Limeira e Engenheiro Coelho. O grupo coordena projetos ambientais em andamento em várias frentes, como ações para eliminar desperdício, reutilizar materiais, economizar água e energia, entre outros.

Segundo o gerente de meio ambiente, saúde e segurança da ZF, Sildson Corrêa, sua equipe também atua com atividades de conscientização internas e externas em todas as plantas da ZF na América do Sul.

As ações abrangem diversas áreas que de alguma forma geram resíduos: na fábrica de Engenheiro Coelho, por exemplo, na área de fundição, cerca de 750 toneladas de resíduos geradas mensalmente foram destinadas para empresas parceiras. Com os novos processos e parcerias, o material descartado se transforma em insumos para concreto, calçadas, asfalto e vergalhões; a areia de fundição se transformou em estruturas metálicas para ralos e caixas de correio, combustíveis para cimenteiras entre outros.


Continua depois da publicidade


“A partir dos trabalhos que vem sendo executados pelo GMA – Grupo de Meio Ambiente nas plantas de Engenheiro Coelho e Limeira, colaboradores dessas unidades passaram a ser mais vigilantes em todos os aspectos e a contribuir de forma ativa para alcançar novos modelos de atuação e identificação de novas oportunidades. Trata-se de um trabalho amplo que vem sendo executado de forma totalmente colaborativa”, reforça o gerente de meio ambiente, saúde e segurança da ZF, Sildson Corrêa.

De acordo com o executivo, há outros projetos nas plantas da ZF América do Sul, alguns já concluídos e outros em andamento, todos de acordo com as políticas ambientais do grupo e também com metas de desenvolvimento sustentável da ONU.




Comentários