Filtro reverso deixa passar partículas grossas e segura as finas

Imagine um filtro que não apenas funciona ao contrário, mas também se conserta automaticamente se furar.


Continua depois da publicidade


Filtro que não fura

Os filtros convencionais, como o que você usa para fazer café, deixam passar as partículas menores e seguram as maiores - menos quando estão furados.

Agora imagine um filtro que não apenas funciona ao contrário, mas também se conserta automaticamente se furar.

Esse filtro reverso e líquido não é criação de algum autor de ficção científica, é fruto do trabalho de Birgitt Boschitsch e seus colegas da Universidade da Pensilvânia, nos EUA.

A pesquisadora criou uma técnica para estabilizar uma película líquida que permite que os objetos grandes passem direto, enquanto os menores são retidos.

Mas é preciso ressaltar que essa membrana não separa os objetos por tamanho - ela está na verdade respondendo à energia cinética, ou movimento, de cada objeto.

"Tipicamente, um objeto menor está associado à menor energia cinética devido à sua massa menor. Assim, o objeto maior, com uma energia cinética mais alta, passará pela membrana, enquanto o objeto menor, com menor energia cinética, será retido," explicou a pesquisadora.

Além disso, como a membrana é fundamentalmente líquida, ela envolve o objeto à medida que ele passa, permitindo que a membrana se autocure completamente sobre o topo de cada objeto que acaba de passar por ela.

Filtro líquido reverso

Em sua forma mais simples, o filtro reverso pode ser criado com água e uma substância que estabiliza a interface entre o líquido e o ar - é a mesma estrutura de uma membrana celular biológica.

Para criar o protótipo, a equipe começou com um filme simples de sabão. Os componentes podem então ser modificados e otimizados para atender a propósitos específicos, incluindo maior robustez mecânica, propriedades antibacterianas ou neutralização de odores.


Continua depois da publicidade


"Você pode adicionar componentes que façam a membrana durar mais tempo ou componentes que permitam bloquear certos gases," explicou Boschitsch. "Existem infinitos aditivos potenciais para escolher para adaptar uma membrana à aplicação que se tiver em mente."

Ela própria já vislumbra algumas dessas aplicações futurísticas. Por exemplo, se os médicos precisarem realizar uma cirurgia aberta sem uma sala de cirurgia adequada - uma situação potencial em áreas muito pobres ou de desastres naturais - o filtro líquido reverso pode funcionar como um filme cirúrgico para ajudar a reproduzir o ambiente limpo necessário para que a cirurgia seja feita com segurança.




Comentários