Mão de obra, Pré-Sal e normas na pauta do Solda Brasil 2013

Novas tecnologias, procedimentos e processos para melhorar a produtividade e o desempenho das empresas da cadeia industrial e da soldagem estarão no foco da terceira edição do evento.

Está marcada para os próximos dias 12 e 13 de novembro a terceira edição do Seminário Nacional de Tecnologia e Mercado da Soldagem – Solda Brasil 2013, que vem sendo organizado desde 2011 pela Planeja & Informa, no Rio de Janeiro, com apoio de diversas empresas e entidades ligadas à comunidade da solda e a cadeia industrial brasileira. 
 
O objetivo é aprofundar a discussão sobre alguns dos principais projetos em execução no país, potencializando os caminhos e diretrizes do setor de soldagem na busca de soluções para a indústria nacional enfrentar os obstáculos de crescimento do País, melhorando seu desempenho e sua competitividade, difundindo novas tecnologias e experiências no setor de soldagem.
 
O evento servirá também para debater e analisar o mercado de soldagem, com a participação de executivos e técnicos de grandes empresas executoras e tomadoras de serviços, representantes dos diversos segmentos da engenharia, projetistas, governo, academia, instituições de pesquisa e empresas de engenharia industrial, fabricantes de consumíveis, máquinas, equipamentos e serviços de soldagem, além de entidades profissionais e empresariais de classe e instituições formadoras de mão-de-obra.
 
Normas e procedimentos
 
As dificuldades enfrentadas por empresas do segmento de solda para cumprir determinadas exigências e normas, principalmente de corporações como a Petrobrás e outras grandes empresas na execução dos serviços, em especial na área de montagem industrial, tem sido uma preocupação do setor, na medida em que isso pode provocar atrasos e, consequentemente, prejuízos para ambos os lados. 
   
Outro ponto que desafia o setor de soldagem é o Pré-sal, cujas potencialidades e perspectivas são imensas, mas exigem muita inovação tecnológica. Entre outros desafios, está a pesquisa e o desenvolvimento de materiais mais resistentes à corrosão, dentro do objetivo de desenvolver o parque tecnológico brasileiro, melhorar a competitividade das empresas brasileiras e o conteúdo nacional nos grandes projetos em execução na cadeia de Petróleo e gás. Esses pontos são alguns dos assuntos que também estarão em pauta no 3º Seminário Nacional de Tecnologia e Mercado da Soldagem – Solda Brasil 2013. 
     
O evento vai destacar ainda outra questão considerada um “gargalo” para o desenvolvimento da engenharia nacional e do País: a formação urgente de mão de obra qualificada, além da necessidade de automação do setor, que exige esforços conjuntos de toda a cadeia da indústria de petróleo, gás e energia.
 
As empresas de engenharia, tecnologia, fabricantes e fornecedores de materiais, equipamentos e prestadores de serviços interessados em patrocinar ou apresentar palestras técnicas sobre soluções e tecnologias para o setor nuclear podem entrar em contato com a área comercial da Planeja & Informa Comunicação e Marketing, através do telefone (21) 2244-6211.
 
As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo email inscricao.planeja@gmail.com, além dos telefones (21) 2262-9401 / 2215-2245.
 
Estudantes têm 50% de desconto.
 
Tópicos:



Comentários