Medium_3e2436b
  |   27/03/2017   |   Projeto Descomplicado   |  

Gestão de requisitos

Senhores,

Segundo o PMBOK, a atividade de gerenciamento de projetos normalmente inclui os seguintes tópicos:

•    Identificação de requisitos
•    Abordagem das diferentes necessidades, preocupações e expectativas das partes interessadas no planejamento e execução do projeto;
•    Estabelecimento, manutenção e execução de comunicações ativas, eficazes e colaborativas entre as partes interessadas;
•    Gerenciamento das partes interessadas (stakeholders) visando o atendimento aos requisitos do projeto e a criação de suas entregas;
•    Equilíbrio das restrições conflitantes do projeto que incluem, mas não se limitam, a:
o    Escopo;
o    Qualidade;
o    Cronograma;
o    Orçamento;
o    Recursos; e
o    Riscos.

Como visto, o gestor do projeto tem que alinhar os requisitos antes de montar um cronograma. Com isso serão alinhados os seguintes itens:

•    Questões legais;
•    Itens de funcionamento dependente de escolhas técnicas;
•    Características limitadoras para fabricação; e
•    Outros.

Como pode ser visto em materiais de referência, tem-se definido que todo o projeto se inicia pela reunião dos requisitos de projeto, tomem com referência a linha do tempo abaixo.

Definições do PMBOK

Segundo referências, antes de iniciarmos o projeto, é necessário todo o entendimento com as necessidades e expectativas do cliente, pois o que ele está solicitando pode ou não resolver o problema que o levou a solicitar o projeto.
Para isso existem uma série de métodos para se montar o documento final com a matriz de requerimentos com as necessidades do cliente e como entregar algo palpável que possa ser analisado como a entrega dos requisitos para a equipe de desenvolvimento. Abaixo segue um diagrama estruturado com as possibilidades para a ferramenta.

A saída com a matriz de requisitos evita uma série de problemas na saída do projeto, como ao acharmos que solicitamos um serviço e recebemos outro

O PMBOK faz a seguinte classificação de requerimentos:

•    Requisitos das partes interessadas, incluindo:
o    Impactos em outras áreas organizacionais;
o    Impactos em outras entidades internas ou externas à organização; e
o    Requisitos de comunicação com as partes interessadas e de relatórios

•    Requisitos de solução, incluindo
o    Requisitos funcionais e não funcionais;
o    Requisitos tecnológicos e de conformidade com padrões;
o    Requisitos de suporte e treinamento;
o    Requisitos de qualidade; e
o    Requisitos de relatos, etc. (os requisitos de solução podem ser documentados textualmente em modelos, ou ambos).

•    Requisitos de projetos, tais como:
o    Níveis de serviço, desempenho, segurança, conformidade, etc.; e
o    Critérios de aceitação

•    Premissas, dependências e restrições dos requisitos

Por final, com todos os requisitos, teremos como montar uma matriz com todos os itens definidos para guardar e documentar junto ao projeto, conforme imagem abaixo:

Ferramenta PLM

Os sistemas PLM possuem soluções para a gestão de requerimentos onde eles são:

•    Definidos individualmente;
•    Associados a especificações;
•    Associados a documentos; e
•    Posteriormente associados a configurações de produtos.

Abaixo pode ser visualizada que há um índice completo de todas as especificações:

Todos os requerimentos são listados de forma contínua sem estarem identificados a projetos.

Também poderá ser associada a visualização de requerimentos conforme várias situações como prioridade ou dificuldade de execução, conforme o filtro demonstrado abaixo:

Ao acessarmos uma especificação poderemos ver detalhadamente todos os itens que estão associados a ela. A imagem abaixo demonstra um requerimento de produto onde é demonstrada toda a descrição do mesmo com imagens capturadas de documentos de referência instantaneamente.

Ao se acessar um produto, tem-se acesso a todos os requerimentos que ele necessita atender, com isso os projetistas mecânicos não necessitam sair a procura de arquivos, uma vez que a ferramenta PLM é capaz de agrupar tudo como um banco de dados e associar aos arquivos.

Conclusão

Com este artigo abordamos como o PMBOK demonstra os tipos de requerimentos, suas classificações e como uma plataforma PLM gerencia os mesmos junto aos projetos.

As informações e opiniões veiculadas nesse artigo são de responsabilidade exclusiva do autor e não representam a opinião do Grupo CIMM.
Tópicos:
3e2436b

Guilherme Alfredo Kastner

Técnico de aplicações da SKA Automação de Engenharias desde setembro de 2004. Trabalhou com diversas Soluções Autodesk, SolidWorks. Nos últimos anos o trabalho tem sido focado na melhoria da comunicação das engenharias com os seus clientes dentro das corporações como a fábrica, administrativo e outros setores.


Mais artigos de Guilherme Alfredo Kastner

Últimas perguntas no fórum

Tire suas dúvidas com a comunidade CIMM

Comentários