17/03/2015

5 sinais de que a crise está lhe afastando dos seus objetivos

De forma objetiva, analista ressalta a importância de olhar para a direção certa para se manter motivado.

Sempre é tempo para empreender e em períodos de crise as oportunidades também podem se apresentar. No entanto, um dos maiores obstáculos para se visualizar as chances que o mercado e a sociedade tem, não esta atrelado à economia, mas sim, para o que você direciona a sua  atenção.

A falta de atenção nos objetivos pode ser a grande sabotadora para se chegar aonde deseja. É o que aponta o economista Richard Rytenband que destaca alguns sinais de que você pode estar perdendo o foco dos objetivos e deixando o tempo passar, e as oportunidades também:

1. Tudo vira desculpa

A instabilidade econômica e política do país e o pessimismo se tornam a desculpa perfeita para que compromissos de espécie alguma sejam assumidos.

2. Medo constante da perda

Todas as decisões estão sendo influenciadas mais pelo medo de perder do que a vontade de ganhar. Sentir medo é natural, mas se deixar paralisar é uma questão de escolha.

3. Desiste diante das primeiras dificuldades

Mesmo diante de obstáculos corriqueiros, a desistência ocorre, claro que com a chancela que diante de tempos difíceis não há por que insistir.

4. Como não realizam nada, o que resta é a autoafirmação

O tempo e energia são dedicados a informar os outros sobre as habilidades e competências que não podem aflorar devido ao momento de crise.

5. São reféns dos seus sentimentos

Os sentimentos quando não gerenciados passam a controlar a pessoa. Neste estado a pessoa passa a ser jogada de um lado para outro, de uma tristeza plena a euforia em um curto período de tempo, uma espécie de bipolaridade indexada ao humor do noticiário.

As informações e opiniões veiculadas nesse artigo são de responsabilidade exclusiva do autor e não representam a opinião do Grupo CIMM.

Richard Rytenband

Perfil do autor

O autor é economista e mestre em Psicologia da Educação pela PUC-SP e tem MBA em Gestão Financeira com ênfase em Investimentos e Mercado de Capitais pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). É também palestrante e Professor de Economia e Finanças.


Comentários