Definição - O que é Diamante sintético

É utilizado para acabamento fino, em que são requeridas tolerâncias muito apertadas e alta qualidade da superfície usinada. Os diamantes são os materiais mais duros conhecidos, mas também altamente frágeis (baixa tenacidade). Os materiais não ferrosos, como o alumínio e o magnésio, e suas ligas, materiais plásticos e madeira, são as principais aplicações para ferramentas de diamante sintético. Os materiais ferrosos não devem ser usinados com diamante, uma vez que os átomos de carbono podem dispersar-se no aço, provocando o rápido desgaste da ferramenta. Exemplos de aplicação do diamante sintético (PCD - Diamante Compacto Policristalino) na indústria: indústria moveleira, em operações de superacabamento no torneamento com velocidades de corte extremamente elevadas (até superiores a 5.000 m/min); fresamento de cabeçotes, motores e carcaças de caixas de câmbio, em ligas de alumínio, em velocidades de corte superiores a 3.500 m/min.








Ou navegue por letra



Fórum

Tire suas dúvidas e ajude outras pessoas no CIMM:

Faça uma pergunta

O poder do Webinar como um acelerador de desenvolvimento de negócios

Nós podemos ajudar seu evento a ficar digital