Aker Solutions inicia construção de nova unidade em Macaé

Fábrica estará pronta em 2014 e abrigará centro de treinamento

 

A Aker Solutions está construindo sua nova unidade de serviços no Brasil em Macaé (RJ), voltada exclusivamente para o negócio de equipamentos de perfuração. O empreendimento de cerca de US$ 100 milhões abrange produção, montagem e testes e deve atender aos requisitos de conteúdo local do programa de construção de sondas de perfuração no País, mas também à necessidade de serviços especializados que tais sondas demandarão quando estiverem em operação.
 
A nova instalação possui 335 mil metros quadrados em Macaé, no estado do Rio de Janeiro, é aproximadamente oito vezes maior que a unidade da Aker Solutions na cidade vizinha, Rio das Ostras e a previsão para o início das operações no começo de 2014. Com a construção da quarta unidade no Brasil, haverá uma redistribuição de atividades. A unidade de Rio das Ostras ficará exclusivamente responsável pela divisão Subsea; os serviços de assistência técnica e a produção de risers de perfuração, equipamentos que funcionam como capa de instrumentos que realizam a perfuração de poços serão transferidos para Macaé.
 
“Estamos posicionados para atender ao crescente nível de atividade da indústria de óleo e gás no Brasil. A nova unidade nos permitirá produzir e montar equipamentos de perfuração no Brasil atendendo aos requisitos de conteúdo local exigidos pelo mercado, além de prover serviços de manutenção e de otimização de performance para a crescente frota de sondas de águas profundas e ultra-profundas com equipamentos da Aker Solutions embarcados,” diz Gustavo Gonçalves, vice-presidente sênior e 
 
A nova unidade contará também com um centro de treinamento de última geração, com capacidade para até quatro simuladores de perfuração de última geração da Aker Solutions. Hoje a empresa tem instalados na unidade de Rio das Ostras dois destes simuladores de perfuração, que vêm propiciando treinamento especializado para as tripulações das sondas de perfuração, e incrementando a segurança e eficiência das operações offshore.



Comentários