Montadora chinesa pretende investir R$ 300 milhões em fábrica em SC

Em três anos, Sinotruck deve fabricar oito mil unidades por ano no local


Continua depois da publicidade


Chega a R$ 300 milhões os investimentos que a montadora chinesa Sinotruck se comprometeu a fazer na fábrica de caminhões a ser erguida em Lages. Quando a terceira etapa for concluída, daqui três anos, a empresa pretende fabricar 8 mil unidades por ano. Incluídas as fornecedoras o faturamento seria de R$ 1 bilhão e criados 1,1 mil postos de trabalhos.

 
O diretor do sindicato de autopeças em SC (Sindipeças), Hugo Ferreira, classificou a vinda da fábrica para o Estado com uma excelente oportunidade para as indústrias catarinenses do setor. Ressaltou que a maioria delas tem os veículos pesados como principal foco da produção.
 
Ele planeja uma rodada conjunta de negócios com os chineses da Sinotruck seguida de encontros individuais para conseguir estabelecer parcerias. Ferreira declarou que as mais beneficadas devem ser Tupy (blocos de motores e cabeçotes), Obenaus (feixe de molas), Randon (Carrocerias) e Schultz (peças fundidas). 
 
As negociações para a instalação da montadora ocorreram sem alarde porque seguiram um contrato de sigilo. Elas foram coordenadas pelo secretário de Assuntos Estratégicos Paulo Cesar Costa que chegou a viajar duas vezes para a China. A produção, seria vendida no mercado nacional e outros países da América do Sul.
 
Felipe Pereira / Diário Catarinense
Tópicos:



Comentários