Avião não-tripulado usará energia do sol e do vento

O estudante Wesam Al Sabban, da Universidade de Queensland, na Austrália, aceitou um desafio que poucos pós-doutores encarariam. Ele está construindo um avião não-tripulado que usa o vento e o sol para permanecer longos períodos no ar.

A NASA constrói aviões solares desde o final do século passado e um avião solar está prestes a dar a volta ao mundo. Mas, ao se concentrar em um modelo menor, Al Sabban planeja fazer um avião que, além de aproveitar a energia solar, também tire proveito das térmicas, colunas ascendentes de ar quente que os pássaros usam para voar gastando menos energia. "Nós estamos estudando a forma como os pássaros usam a energia dos ventos para voar com um gasto mínimo de energia, a forma como eles planam e usam todos os tipos de vento para se mover e mudar o rumo de seu voo," diz ele.

Sensores e inteligência artificial
aviao nao tripulado O cerne da pesquisa está em um sistema de sensores e um programa de inteligência artificial, capaz de levar em conta a intensidade solar e detectar os padrões de vento. Isso permitirá que o próprio avião "escolha" a técnica mais adequada para se manter no ar a cada momento. "Como ele vai usar a energia do sol e a energia do vento, irá será mais barato de operar do que os aviões autônomos disponíveis no mercado," diz Al Sabban. E o futuro pesquisador aparentemente não terá problemas de financiamento para a construção de seus protótipos em maior escala: ele está sendo financiado pelo governo da Arábia Saudita.

Tópicos:



Comentários