Escolha de furadeira depende de formato das peças

Veja a classificação das furadeiras de acordo com a função

As furadeiras têm como função principal executar furos nos mais diversos tipos de materiais. Para tanto o motor destas máquinas aplica uma alta velocidade de rotação a uma ou várias brocas que serão responsáveis pela remoção de material desejada. Para as diferentes condições de perfuração requeridas, foram criados diferentes modelos. Antes de se escolher a furadeira ideal para o trabalho a ser realizado devem ser avaliados os seguintes aspectos:

  •     Forma da peça;
  •     Dimensões da peça;
  •     Número de furos a serem abertos;
  •     Quantidade de peças a serem produzidas;
  •     Diversidade no diâmetro dos furos de uma mesma peça;
  •     Grau de precisão requerido.


Classificação das Furadeiras

Furadeiras Portáteis
A força de avanço vem do operador que força a furadeira contra o material, enquanto a rotação vem de um motor da própria furadeira. As furadeiras caseiras classificam-se como portáteis.
É utilizada comumente em peças já montadas onde a posição do local a ser perfurado impede a utilização de furadeiras mais precisas.

Furadeiras Sensitivas
Utilizada para pequenas perfurações. O avanço do mandril se dá por meio de uma alavanca que o operador faz avançar aos poucos, assim sentindo o avanço da broca dentro do material.


Furadeiras de Coluna
As furadeiras de coluna se caracterizam por apresentarem uma coluna de união entre a base e o cabeçote. Esse arranjo possibilita a furação de elementos com as formas mais diversificadas, singularmente e em série.



Furadeiras de Árvores Múltiplas
Úteis para trabalhos em peças que têm que passar por uma série de operações, como furar, contrapuncionar, mandrilar, alargar furos e rebaixar cônica e cilindricamente.


Furadeiras Radiais
O sistema de cabeçote móvel elimina a necessidade de reposicionamento da peça quando se deseja executar vários furos. Pode-se levar o cabeçote a qualquer ponto da bancada, diminuindo o tempo de produção. Recomendada para peças de grandes dimensões, a serem furadas em pontos afastados da periferia.


Furadeiras Múltiplas de Cabeçote Único
Originaram-se da aplicação de cabeçotes de vários mandris a furadeiras de coluna. São mais úteis em peças a serem produzidas em série com necessidade de furação de muitos pontos em um ou vários planos.

Furadeiras Múltiplas de Múltiplos Cabeçotes
Nessas furadeiras mais de um cabeçote atacam a peça a ser perfurada, eliminando a necessidade de reposicionar e virar a peça a cada vez que o plano de perfuração for alterado. São utilizadas para economizar tempo, uma vez que o tempo total de perfuração fica condicionado ao furo mais profundo.

Furadeiras de Comando Numérico
Operam de acordo com um programa, possibilitando maior precisão e velocidade.

Furadeiras de Bancada
São máquinas de pequenas dimensões onde o avanço da broca é feito manualmente. O seu motor tem capacidade geralmente em torno de 0,5 CV.

Tópicos:



Comentários