Coachs ajudam a fortificar liderança e competências

Fonte: Catho Online
Fotos: Divulgação

No universo corporativo é fundamental existir pessoas motivadas, comprometidas com seus objetivos, e que tenham capacidade de comunicação e de lidar com conflitos interpessoais. O coach, profissional dedicado a expandir as competências de líderes e profissionais, foi tema de fórum realizado em São Paulo, no mês de novembro.

“A proposta inicial do fórum é elevar ainda mais o nível do coaching no Brasil. O mundo corporativo está exigindo coachs mais seletos, com um nível maior de experiência e conhecimento”, afirma Villela da Matta, presidente da Sociedade Brasileira de Coaching.

O
destaque do fórum foi a participação do professor da Escola de Medicina de Harvard e membro do NeuroBusiness Group, Srini Pillay. Pillay abordou o novo conceito da neurociência aplicada à liderança corporativa. O objetivo é entender a mente humana para descobrir qual o comportamento das pessoas no mundo dos negócios.

“Quando pensamos no desenvolvimento de liderança num contexto executivo, falamos de pessoas que estão em empresas com o intuito de fazer dinheiro. Quando falamos de uma empresa, falamos de dinheiro. Mas atrás do dinheiro, existem pessoas e nas pessoas existem cérebros. Então, podemos entender a dinâmica do dinheiro, a dinâmica das pessoas, ou a dinâmica dos cérebros”, explica Pillay.

Segundo ele, todas as três contribuem para fazer mais dinheiro num contexto executivo. Então, o desenvolvimento de liderança, entendendo o cérebro, nos permite compreender o que acontece dentro das pessoas. “Nesse contexto, podemos fazer duas coisas: uma é aprender uma nova língua para comunicarmos melhor novas informações, pois às vezes, as pessoas respondem melhor as informações científicas; a outra é ter uma visão geral para encontrarmos novos alvos, no sentindo de fazer específicas mudanças como coaches”, completa.

O mercado de coaching no Brasil está em crescimento e as empresas começaram a observar a importância desse processo para seus executivos. Os líderes têm um papel não apenas de gerenciar pessoas, mas liderar visando às estratégias da empresa. O coach é o profissional que pode fortificar essas competências, por exemplo.

De acordo com Villella da Matta, se você contratar um coach que não seja habilitado, sem estrutura, estratégias e mecanismos para lidar no mundo corporativo, você pode trazer grandes prejuízos para a organização. “Sendo assim, as empresas e até mesmo a área de RH estão buscando solidificar mais seus conhecimentos para entender o que realmente faz um bom coach e como contratá-lo”, finaliza da Matta.

 

Tópicos:



Comentários