14/01/2015

Planejamento estratégico para 2015 é fundamental

O ano de 2015 para o mercado promete ser ainda mais competitivo do que foi o que passou e isso por diversos motivos, mas, principalmente, pelas dificuldades econômicas que serão enfrentadas com uma crise que já se mostra preocupante.

Para quem quer sobreviver e se destacar nos próximos anos é fundamental o estabelecimento de objetivos claros e como alcançá-los com o desenvolvendo do planejamento estratégico.

As empresas necessitam desse planejamento empresarial, pois possibilitam ferramentas e técnicas auxílio no processo gerencial, permitindo aos empresários uma visão mais clara do trabalho que estão realizando e de como isso pode auxiliar nos processos da empresa.

O receio em relação a realização de um plano estratégico não existe mais no mercado, contudo isso passou por uma grande modificação nos últimos anos  com o crescimento do conhecimento das pessoas sobre o assunto e do desenvolvimento trabalhos aprofundados sobre o tema.

Este processo se define como a tomada de decisões antecipadas para direcionar o futuro da organização. É o planejamento da direção da empresa visando a eficácia, pois orienta os esforços na direção mais correta. No planejamento estratégico se faz primeiramente uma análise de todos os pontos fortes de uma empresa e a partir dessa são estabelecidos os objetivos futuros das empresas. Com esse planejamento o empresário fica sabendo para onde deve caminhar, não correndo o risco da estagnação.

Mas nesse ponto é importante o alerta de que antes da implementação desse sistema é importante que a empresa saiba que esse é um processo em que todos os colaboradores de uma empresa devem participar, mas que deve ser realizado de cima para baixo.

Só com a diretoria sabendo bem o planejamento estratégico da empresa todos os funcionários podem internalizar essa missão e colocar em prática a sensibilização dos demais funcionários.

A partir disto será realizada a destinação de recursos avaliados, visando atingir determinados objetivos a curto, médio e longo prazos num ambiente altamente competitivo e dinâmico. Faz-se necessário a participação das lideranças e uma visão generalizada da empresa em relação aos ambientes em que atua.

Para a realização do planejamento estratégico de uma empresa, a opção mais utilizada é a contratação de uma companhia especializada que realizará toda avaliação dessa empresa. As pequenas empresas, para as quais os gastos podem ser muito altos, uma alternativa é contar com o auxílio do Sebrae e de empresas júnior.

O planejamento estratégico procura responder a questões básicas, como:

-          Por que a organização existe?
-          O que e como ela faz?
-          Onde ela quer chegar?

Delas resulta um plano estratégico, ou seja, conjunto flexível de informações consolidadas, que serve de referência e guia para a ação organizacional. Pode ser considerado como uma bússola para os membros de uma determinada organização.

Fases da Elaboração

A elaboração do Planejamento Estratégico compreende quatro fases:

1. Formulação dos objetivos organizacionais. Definindo os objetivos que pretende alcançar em longo prazo e hierarquiza os objetivos.
2. Análise de forças e limitações da empresa e de condições internas;
3. Análise externa do ambiente, ou seja, das condições externas que rodeiam a empresa e que lhe impõem desafios e oportunidades.
4. Formulação das ações estratégicas. As estratégicas constituem os cursos de ação futura que a organização pode adotar para atingir seus objetivos globais.

As informações e opiniões veiculadas nesse artigo são de responsabilidade exclusiva do autor e não representam a opinião do Grupo CIMM.

Ricardo M. Barbosa

Perfil do autor

O autor é diretor executivo da Innovia Training & Consulting, professor de programas de pós-graduação em conceituadas instituições de ensino, Consultor em Gestão de Projetos há 15 anos e já atuou como executivo em grandes empresas como Ernst & Young Consulting; Wurth do Brasil; Unibanco; Daimler Chrysler.


Comentários