13ª Feira Latino Americana de Fundição já está 10% maior em 2009


A área ocupada por expositores da Fenaf 2009 - 13ª Feira Latino Americana de Fundição - já é 10% maior que na edição anterior do evento, em 2007. Apesar da crise mundial, a Fenaf, que acontece de 22 a 25/9, no Expo Center Norte, em São Paulo, paralelamente ao Conaf 2009 - 14º Congresso de Fundição, já atrai representantes das maiores empresas do setor de fundição do Brasil e do exterior. A ABIFA - Associação Brasileira de Fundição -, entidade que promove a Fenaf 2009, prevê que o crescimento, até setembro, será de 18%.

Mais de 35 mil visitantes são aguardados no Conaf/Fenaf 2009, considerado o maior evento da América Latina do setor de fundição, que deverá reunir cerca de 500 expositores, entre empresas e entidades do Brasil, Itália, EUA, Alemanha, México, Argentina e Espanha, por exemplo.

"Já vemos o otimismo do setor para 2010, com o crescimento de 10% na área ocupada pelos expositores da Fenaf 2009. Estas empresas sabem que 2009 será um ano justo, mas que precisam investir para gerar negócios em 2010", analisa Devanir Brichesi, presidente da ABIFA, entidade que festeja 40 anos nesta edição do evento, que trará as principais tendências do setor relacionadas à fundição de ferro, aço e não ferrosos e à toda a cadeia produtiva de fundição.

O Congresso conta com a parceria da Associação Brasileira do Alumínio - ABAL e a Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais - ABM.

Números do setor de fundição
Presente em toda a cadeia produtiva, o setor de fundição faturou US$ 11 bilhões em 2008, com produção de 3,35 milhões de toneladas, 3% a mais que o volume produzido em 2007. O Brasil já é o 7º produtor mundial de fundidos de ferro, aço e não ferrosos. Com cerca de 1.400 empresas, que geram 57 mil empregos, o mercado brasileiro de fundição exportou 614,5 mil toneladas para todo o mundo, em 2008, principalmente para os Estados Unidos e Europa, com faturamento de US$ 1,49 bilhão.

Saiba mais sobre a Fenaf no CIMM.
Tópicos:



Comentários