EMO Milão 2009 já mobiliza setor metal-mecânico

Imagens: CECIMO

De 5 a 10 de outubro, as principais empresas do mundo metal mecânico do planeta estarão na EMO Milão 2009. Serão máquinas de corte, conformação, soldagem, tratamento térmico e de superfícies, robôs, softwares e hardware de automação, montagem, ferramentas, metrologia, controle de qualidade, sistemas de segurança e proteção ambiental... mesmo as máquinas cujo "know-how" ainda não tem nome estarão na feira, uma das maiores e mais importantes do setor.

Como se já não bastasse a beleza natural de Milão, a capital fashion da Itália, a exibição será no Fieramilano. O complexo arquitetônico tem oito pavilhões, praticamente sem pilares, que garante a acessibilidade a qualquer canto. Cada pavilhão tem uma área coberta de cerca 37 mil metros quadrados, com bares, restaurantes e salas de conferência.

Da Espanha, a Emo Milão 2009 contará com a presença de 22 empresas da AMT (Associação Espanhola de Fabricantes de Acessórios, Componentes e Ferramentas), assim como um estande próprio para a associação. Ao todo, serão 750 metros quadrados ocupados pela associação.

A AFM (Associação Espanhola de Fabricantes de Máquinas-ferramenta) também estará na feira, com 28 empresas. Assim, a Espanha ocupará 4.500 metros quadrados, o 6o país no ranking da feira.



Fieramilano, complexo arquitetônico da EMO 2009



Do Brasil, uma das participantes é a Romi. No estande de 110 metros quadrados, a empresa lançará o centro de usinagem Romi D 800 AP (alta performance). A máquina, que conta com o novo controle CNC da Siemens 828D – SL, se destina à usinagem de peças de perfis complexos em alta velocidade de corte e avanço.

Já a Trumpf, empresa alemã do segmento de corte a laser, preferiu não participar da EMO para focar em feiras  mais segmentadas ao invés de feiras tão abrangentes. Mesmo assim, terá um open-house na sede italiana em Buccinasco, próximo a Milão, para mostrar os lançamentos e novas tecnologias para o processamento de chapas metálicas. O gerente de vendas da Trumpf Brasil, Walter Mello acredita que dessa forma poderão dar mais atenção aos clientes.

Saiba mais sobre a EMO Milão 2009 no CIMM.
Tópicos:



Comentários