Compressores nível zero de consumo de energia

Foto: Divulgação

A Atlas Copco anunciou que a sua série ZR de compressores de ar é a primeira no mundo a receber a certificação TÜV de "nível zero de consumo de energia" em determinadas condições de aplicação. Esses compressores são isentos de óleo e resfriados a água, com sistemas de recuperação de energia integrados. Foi comprovado que 100% da entrada de energia elétrica pode ser recuperada em forma de água quente.

Com estes compressores “Carbono Zero”, indústrias que utilizam grandes volumes de água quente e vapor, como as de alimentos e bebidas, laticínios,  papel e celulose, produtos farmacêuticos, químicos e petroquímicos, usinas elétricas, salas esterelizadas e têxteis, podem reduzir significativamente suas despesas com energia.
 
O consumo de energia elétrica de um compressor representa cerca de 80% dos custos ao longo de sua vida útil, o que ressalta a importância da economia no consumo de energia elétrica nos sistemas de geração de ar comprimido. Na Indústria, tais sistemas representam, em média, 10% do consumo de energia elétrica. Em uma empresa estes custos podem atingir 40% deste consumo. 

“Hoje, nossos clientes se deparam com metas rigorosas para reduzir emissões de dióxido de carbono. Com o compressor Carbono Zero, os clientes obtêm ar comprimido com baixíssimos custos, o que tem
impacto significante na preservação do meio ambiente e também em seus resultados operacionais",diz Stephan Kuhn, presidente da divisão Compressor Technique da Atlas Copco.
 
A TÜV - Technische Überwachungs-Verein - uma organização alemã independente, de Certificação Técnica, supervisionou os teste este ano. Ao comparar os resultados, os procedimentos realizados à
temperatura ambiente de 40oC e 70% de umidade relativa do ar, comprovou-se a
recuperação de 100% da energia de entrada.  

Veja mais detalhes da Atlas Copco aqui
Tópicos:



Comentários