FEIMAFE combate a pirataria com Ass. Brasileira de Combate à Falsificação


A Associação Brasileira de Combate à Falsificação (ABCF) também montou um estande na Feimafe 2009 (Rua L – 35). A participação da associação tem o objetivo de identificar eventuais produtos falsificados e/ou pirateados. Quem visitar a feira, pode contar com auxílio, esclarecimentos e informações gratuitamente no estante da ABCF.

A pirataria de softwares e produtos é recorrente no setor. No mês passado, a empresa de autopeças Zen S.A, teve que chamar a polícia na Automec, feira de reposição automotiva promovida no Anhembi, em São Paulo. Uma empresa chinesa, também expositora na feira, estaria apresentando produtos clonados da Zen S.A.

Os produtos clonados eram start drives, componentes do motor de partida dos automóveis. A engenharia desses componentes é dominada internacionalmente e cada fabricante legal inclui alguns requintes técnicos no interior da peça. Os chineses copiaram as peças e os catálogos correspondentes, segundo a Zen.

Na ocasião, Luiz Mesquita de Camargo, o diretor comercial da empresa, declarou ao site Automotive Business que sabia que algo parecido poderia ocorrer. A Zen S.A já foi alvo de pirataria na feira Automechanika, em Frankfurt (Alemanha), realizada em setembro do ano passado.  “Lá, o catálogo da empresa chinesa era uma cópia exata no nosso e, ao final, trazia a prova do crime dando crédito dos produtos à Zen. É desconcertante e difícil entender como essas empresas burlam até mesmo a lógica”, diz Camargo.

Leia também:

Expectativas positivas na abertura da Feimafe
Tópicos:



Comentários