Grupo de e-mail discute gestão de informação

GESITI oferece jornal eletrônico mensal com os melhores debates

Foto: Divulgação

Lançado em 2007, o livro Wikinomics - Como a colaboração em massa pode mudar seu negócio (Ed. Nova Fronteira) trouxe novas idéias sobre a Revolução da Informação. Com a democratização das tecnologias, as hierarquias econômicas e políticas se tornariam cada vez menos influentes. A informação estaria diluída entre as pessoas comuns. O grupo GESITI, criado pelo Centro de Tecnologia e Informação (CTI) do governo federal, é guiado por essa idéia: a troca de informação entre várias pessoas sem um centro hierárquico.

GESITI é a sigla para Gestão dos Sistemas e Tecnologias de Informação em Organizações. A rede tem duas interfaces principais: um grupo de discussão com diferentes temas por mês, no mínimo, e um jornal eletrônico também mensal com as principais questões levantadas por e-mail. Ao entrar no grupo, o internauta recebe também um livro organizado pelo pesquisador Antonio José Balloni sobre gestão em sistemas e tecnologias da informação.


Rede é apoiada pelo CTI, órgão do governo federal

O objetivo do grupo é promover a integração entre pesquisadores, educadores, empresários e gerentes de instituições públicas e privadas. O perfil principal de usuários é de professores brasileiros com mestrado, mas há membros portugueses, mexicanos e norte-americanos e consultores e pesquisadores formam parte significativa do grupo, que conta com 1164 associados.

O número de mensagens por mês varia. No mês de lançamento do GESITI, fevereiro de 2008, apenas nove e-mails foram mandados. Atualmente, a média é de 50 mensagens.

Para Antonio José Balloni, pesquisador do CTI, as empresas deveriam adotar uma visão mais solidária e responsável. "É preciso combinar técnicas para manifestar conhecimento por meio das redes de pessoas numa concepção que considere o ser e a sua realidade tecnológica e social", diz Balloni.

Para entrar no grupo, envie um e-mail ao endereço: GESITIs-subscribe@yahoogrupos.com.br
Acesse o site do GESITI aqui.



Comentários