Alcoa: estratégia pró-legislação de proteção climática nos EUA

Foto: Divulgação

A Alcoa e demais empresas e entidades ambientais fundadoras da Parceria Americana pela Ação Climática (USCAP-United States Climate Action Partnership) acabam de lançar estratégia de ação legislativa em favor da promulgação de leis de proteção climática nos Estados Unidos, incluindo recomendações de políticas públicas relativas às mudanças climáticas. Com base no relatório Call for Action (Conclamação à Ação) de 2007, a USCAP oferece ao governo Obama e ao Congresso dos EUA sugestões de legislação para proteção do clima e da economia. O projeto define a meta de, até 2050, reduzir as emissões dos gases causadores do efeito estufa a nível 80% inferior ao registrado em 2005, por meio de um programa do tipo “limites e trocas”.

“Este projeto contém recomendações detalhadas para enfrentar as mudanças climáticas e reafirma o apoio a um programa nacional do tipo “limites e trocas”. Nestes tempos de dificuldade econômica, estes esforços pela adoção de políticas verdes confirmam a visão que temos, na Alcoa, sobre a importância de se adotarem medidas imediatas, tanto para enfrentar o problema como para proporcionar às empresas uma melhor visão para seus investimentos de longo prazo. Caso não sejam adotadas medidas concretas, isso terá um custo ainda maior para a sociedade no futuro e deixará as empresas em maior incerteza”, declarou Alain Belda, chairman da Alcoa Inc..

A Estratégia para Ação Legislativa, concluída após dois anos de trabalho intenso de análise e articulação, abrange um ambicioso cronograma de redução de emissões, a descrição da proposta do programa “limites e trocas” e detalha medidas complementares específicas destinadas a ajudar a manter a economia competitiva, facilitar a transformação tecnológica para aumentar a eficiência energética, dos transportes, dos edifícios e de usinas a carvão. A estratégia prevê ainda medidas de contenção de custos, como compensações e princípios de participação internacional. O apoio à pesquisa e a imediata utilização de novas tecnologias serão fatores fundamentais para o programa global de proteção climática proposto pela USCAP.

“Esta estratégia da USCAP em favor de legislação climática norte-americana promove uma metodologia capaz de ajudar as empresas, como a Alcoa, a alcançar metas progressivas de proteção ao clima, ao mesmo tempo em que cumprimos nossos compromissos de competitividade e crescimento com os acionistas,” disse Klaus Kleinfeld, presidente e CEO da Alcoa.

A USCAP é uma associação composta por 32 companhias e ONGs ambientais norte-americanas que lutam pela redução significativa das emissões de gases causadores do efeito estufa. Para saber mais sobre a Estratégia de Ação Legislativa da USCAP, acesse www.us-cap.org.

Tópicos:
        



Comentários