Nova linha de usinagem da MWM é resultado da parceria com a B. Grob

Fotos: B. Grob do Brasil

No ano passado, a MWM International Motores venceu uma concorrência mundial para fornecer os blocos usinados que irão equipar os caminhões pesados da Navistar, das linhas WorkStar, TranStar e ProStar, nos Estados Unidos.

Buscando alcançar sua nova meta de produção, a empresa inaugurou, no dia 05 de agosto, a linha de usinagem dos blocos em ferro grafite compactado dos motores Big Bore MaxxForce de 11 e 13 litros, em sua unidade industrial de Santo Amaro (SP). A cerimônia contou com a presença do vice-governador do Estado de São Paulo, Alberto Goldman.

O volume previsto para a produção no primeiro ano é de 10 mil blocos, dobrando para 20 mil no segundo e 30 mil no terceiro. O processo de usinagem foi desenvolvido junto com a B. Grob do Brasil, situada em São Bernardo do Campo (SP). “Desde o início do processo de desenvolvimento, a B. Grob esteve trabalhando junto com a MWM International na procura de uma excelente solução técnica que no entanto pudesse vencer a concorrência mundial”,  afirma Christian Müller, vice-presidente da empresa e responsável pelo departamento de Projetos e Vendas e Project Management.

De acordo com o presidente e CEO da MWM International, Waldey Sanchez, o projeto foi desenvolvido em 18 meses. “Posso afirmar que a linha de usinagem é uma das mais modernas do mundo.”

A Grob desenvolveu e gerenciou a integração dos próprios equipamentos e das máquinas terceirizadas, gerenciando todas as ativiades relacionadas à instalação do projeto Big Bore na planta de Santo Amaro.

O presidente da B. Grob do Brasil, Michael Bauer, explica: “Entregamos para a MWM International uma linha de usinagem totalmente automatizada com transporte aéreo com robôs portais para a carga e descarga direta na área de trabalho. Com isto é possível minimizar ao máximo a quantidade de mão de obra na linha. Trata-se de um diferencial e um investimento com rápida amortização, sabendo-se do custo de mão de obra em São Paulo que está crescendo a cada dia".



A linha possui câmeras que identificam a numeração do bloco. Como é altamente informatizada, existe uma seqüência no processo de usinagem que deve ser seguida. Durante os procedimentos a máquina realiza a leitura do bloco, e desta forma, detecta eventuais falhas. O processo de gerenciamento de informações foi realizado em parceria com a empresa Rockwell. Com este sistema pode-se rastrear todas as informações de importância durante a usinagem do bloco, armazenando-as em um banco de dados centralizado. Este banco de dados contém, portanto, uma pasta repleta de informações para cada peça.

A B. Grob homenageou o trabalho realizado entre ambas as empresas entregando uma placa ao Sr. Waldey Sanchez, firmando a parceria neste e em futuros projetos que poderão realizar juntos.



Saiba mais sobre a Grob no portal CIMM.
Clique aqui.
Tópicos:
  



Comentários