Petrobras e biocombustíveis para mudança climática

Foto: www.who.pt

A Petrobras aposta na Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática realizada em Bali para estimular o uso dos biocombustíveis como alternativa para frear o aquecimento global.

"Viemos compartilhar com a comunidade internacional o que estamos fazendo na Petrobras para contribuir com a redução da mudança climática", declarou no  domingo (09) Vicente Hermogério, conselheiro de Emissões de Gás da Petrobras.

"Os biocombustíveis são uma longa e sólida ponte para a sustentabilidade energética", disse Hermogério, que lembrou que "a produção de biocombustíveis do Brasil tem a melhor percentagem de eficiência energética do mundo".

Hermogério afirmou que é possível produzir bioetanol de forma sustentável e respeitosa com a sociedade e o meio ambiente.

"A produção de biodiesel da Petrobras acontece estritamente sob os princípios de trabalho social estabelecidos pela lei brasileira em 2004, priorizando os pequenos agricultores e as áreas nas quais não há selvas", indicou.

Marina Grossi, coordenadora da Câmara Técnica de Energia e Mudança Climática do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável, afirmou que a produção de biocombustíveis no Brasil não é como em outros países, como a Indonésia ou os Estados Unidos, onde está causando controvérsia.

"No Brasil temos muita experiência na produção de bioetanol e estamos conseguindo produzir este tipo de energia de forma sustentável", declarou à Efe.



Comentários