Arauco vai investir R$ 15 bilhões para construir fábrica de celulose no MS

Nova unidade terá a capacidade de produção de 2,5 milhões de toneladas de fibra curta.

Na última quarta-feira (22), a Arauco, empresa chilena presente no Brasil desde 2002 do ramo madeireiro, especializada na fabricação de celulose e painéis, assinou um acordo de colaboração com o estado do Mato Grosso do Sul para a construção de uma nova fábrica de celulose no Brasil com capacidade de produção de 2,5 milhões de toneladas de fibra curta.

"A fábrica terá capacidade para produzir sozinha metade da atual capacidade instalada global de celulose da Arauco, equivalente a 5,2 milhões de toneladas", segundo informações da Reuters

Com a aprovação do projeto, a construção da nova planta poderá começar em 2025 e estará localizada a 50 km da cidade de Inocência, área que, segundo a empresa, oferece uma série de benefícios do ponto de vista logístico, com uma massa florestal de alta qualidade próxima à planta e facilitando a exportação de celulose para outras regiões.

Segundo comunicado da empresa, o projeto da construção da nova unidade, o Projeto Sucuriú, "está sujeito a uma série de variáveis que estão em estudo; entre elas, as condições de mercado, a licença de impacto ambiental, a avaliação da oferta de madeira e a aprovação do Conselho de Administração".




Comentários