BIG e NASA divulgam projeto de instalações de pesquisa em Marte feitas com impressão 3D


Continua depois da publicidade


O Bjarke Ingels Group colaborou com a NASA e a ICON para criar o Mars Dune Alpha, um conjunto de instalações de pesquisa construído com impressão 3D que oferecerá habitação de longa duração para astronautas em missões a Marte. A estrutura, que está atualmente localizada no Johnson Space Center em Houston, Texas, foi projetada pelo renomado escritório dinamarquês de arquitetura, impressa em 3D pela equipe da ICON, e em breve será o lar de uma equipe da NASA.

O projeto é um passo inovador à concepção de habitações e civilização em Marte. A estrutura foi projetada com um "gradiente de privacidade", com quatro alojamentos privativos para a tripulação em uma extremidade, e estações de trabalho, salas médicas e de cultivo de alimentos na outra, além de espaços de convivência compartilhado entre elas. As alturas do pé direito são definidas verticalmente por uma estrutura de concha em arco, para enquadrar cada unidade. Para evitar um ambiente monótono, são instaladas peças de mobiliário modulares e móveis, com iluminação, som e temperatura personalizáveis, dando aos astronautas, total liberdade para organizar o seu espaço como bem entenderem.

Simulação de estrutura do Mars Dune Alpha. Imagem: ICON/BIG.

"Este é o habitat simulado de maior fidelidade já construído por humanos. Mars Dune Alpha se destina a servir a um propósito muito específico - preparar os humanos para viver em outro planeta. Queríamos desenvolver o análogo mais fiel possível, para ajudar no sonho da humanidade de se expandir até as estrelas. A impressão 3D do habitat ilustrou que a impressão 3D em escala de construção é parte essencial do kit de ferramentas da humanidade na Terra para habitar a Lua e Marte", disse Jason Ballard, cofundador e CEO, ICON.


Continua depois da publicidade


Mars Dune Alpha faz parte do programa Crew Health and Performance Exploration Analog (CHAPEA) da NASA, que fornece informações valiosas para o sistema alimentar espacial, com saúde física, comportamental e análise de desempenho para futuras missões espaciais. Os dados obtidos da CHAPEA serão usados pela agência espacial para avaliar as condições de vida e a saúde da tripulação durante toda a missão.

"Junto com a NASA e a ICON, estamos investigando que a casa da humanidade em outro planeta surgirá a partir da experiência humana. Os dados obtidos com a pesquisa informarão diretamente os padrões da NASA para missões de exploração de longa duração e, como tal, potencialmente estabelecerão as bases para um novo vernáculo marciano. Mars Dune Alpha nos levará um passo mais perto de nos tornarmos uma espécie multiplanetária", disse Bjarke Ingels, fundador e diretor criativo do BIG-Bjarke Ingels Group.

A NASA já começou seu recrutamento para o estudo analógico da missão a Marte de longa duração, no habitat impresso em 3D, que começará no outono de 2022. Além do Mars Dune Alpha, a ICON também recebeu financiamento da NASA para lançar o “Projeto Olympus”, que consiste na pesquisa e no desenvolvimento de um sistema de construção baseado no espaço, para apoiar futuras explorações e missões na Lua.

Marte está no centro deste discurso, o planeta mais habitável em nosso sistema solar depois da Terra. As propostas para o planeta vermelho exploram como podemos criar comunidades no espaço sideral. Em 2017, uma equipe de engenheiros, cientistas e designers do Centro Espacial Mohammed bin Rashid, em colaboração com o escritório de arquitetura BIG, desenvolveu um projeto que simula as condições marcianas aqui mesmo na Terra, facilitando a pesquisa e o teste de diferentes estratégias de construção para melhor resistir ao calor e radiação de Marte. O projeto denominado Mars Science City, foi construído usando técnicas de impressão 3D e areia do deserto dos Emirados.

Estrutura feita em impressão 3D, em progresso. Imagem: ICON/BIG.
Tópicos:



Comentários