Equipe ganha corrida e certificação ISO com as ferramentas da Sandvik Coromant

Em certa ocasião, o fabricante de automóveis Henry Ford disse que “a corrida de automóveis começou cinco minutos depois que o segundo carro foi construído”. Capacidade de adaptação e automóveis andam de mãos dadas, mas o fabricante de peças de precisão Don Schumacher Motorsports (DSM) levou essa ideia à pole position. A empresa está ganhando nas pistas de corridas, recebeu a certificação ISO 9001:2015 e expandiu em indústrias tão diversificadas quanto a aeroespacial e de defesa — tudo nos últimos dois anos. Porém, ela precisa das máquinas-ferramentas certas para alcançar esses objetivos, por isso, procurou a Sandvik Coromant.
 
Em setembro, Matt Hagan deu à Don Schumacher Racing (DSR) sua 350ª vitória na volta final da Lucas Oil National Hot Rod Association (NHRA) Summernationals no Lucas Oil Raceway em Brownsburg, Indiana, EUA.
 
Hagan venceu a prova com seu carro de arrancada, ou Funny Car, que pode ir de zero a 330 milhas por hora em menos de 3,7 segundos. Sua vitória também coincidiu com o 50º aniversário da lendária vitória de Don Schumacher, fundador da empresa, em Indianápolis em 1970.
 
Hoje, a DSR consolidou sua posição como umas equipes da elite de esportes a motor. Os quatro pilotos do Dodge Charger SRT Hellcat da All DSR tiveram pelo menos duas vitórias das nove corridas que aconteceram em 2020, até agora. A DSR é a única equipe na história da NHRA a se manter invicta por 12 corridas consecutivas em uma única categoria, a contar a partir de outubro de 2019. Anteriormente, a DSR estabeleceu um recorde de 10 vitórias consecutivas em uma única categoria durante a temporada de 2017 com a mesma equipe de pilotos.
 
Enquanto isso, o DSR também vem conquistando vitórias nos bastidores, especificamente na unidade DSM Precision MFG, também localizada em Brownsburg. Uma conquista recente foi feita 2018, quando a empresa conseguiu a certificação ISO 9001: 2015 em reconhecimento às suas iniciativas em gestão da qualidade e sustentabilidade. O benchmark também mostra que as operações da empresa estão em conformidade com as metas de sustentabilidade das Nações Unidas (ONU). 
 
A outra vitória da empresa foi contra os desafios impostos pela COVID-19. Em apenas dois anos, a fábrica, fundada em 2005 exclusivamente para apoiar o programa de corrida de arrancada da empresa, diversificou-se com sucesso em diferentes setores como aplicações comerciais, aeroespaciais e de defesa. 
 
Imagem: Divulgação/Sandvik Coromant
A diversificação é uma meta real para os fabricantes em 2020. O recente relatório COVID-19: O que isso significa para a manufatura industrial da Pricewaterhouse Coopers (PwC) recomenda que as empresas devem expandir em novas indústrias — e aproveitarem um fluxo de renovação — seja porque são forçados por mercados inativos ou porque simplesmente notaram uma oportunidade. 
 
Chad Osier, Vice-presidente da DSM, diz que atualmente a fábrica de Brownsburg é a única do setor no centro oeste que oferece um grau tão alto de engenhaira precisão para uma variedade tão ampla de setores. 
 
“No fundo, todos nós somos pilotos,” explica Osier. “Os pilotos são engenheiros e a engenharia de precisão se estende a tudo o que fazemos. Esta expertise e as ferramentas certas nos permitem atingir os níveis de precisão e qualidade necessários ao construir blocos de nitrogêncio para corridas de arrancada que chegam a 11.000 cavalos.
 
“Agora, podemos usar essa mesma precisão para oferecer soluções de qualidade competitiva e expansíveis para as indústrias de defesa, aeroespacial, comercial, esportes a motor e automotiva.”
 
Henry Ford ficaria orgulhoso. Mas como a DSM conquistou tudo isso em um período tão curto e o que os outros fabricantes podem aprender com ela? Boa parte da resposta está na escolha das máquinas-ferramentas feita pela DSM. O nome do parceiro de ferramentas escolhido está estampado na lateral do Funny Car de Hagan desde a temporada de 2017 e agora pode ser visto no dragster Top Fuel pilotado por Tony Schumacher, companheiro de equipe de Hagan e filho de Don Schumacher. O patrocinador é a Sandvik Coromant, em parceria com o fabricante de máquinas Okuma America. 
 
“É óbvio que estamos nos negócios de corridas,” diz Osier, “mas também queremos ter lucro. O desgaste da ferramenta é uma grande parte disso. Queremos ter certeza de que reduzimos o desperdício e o refugo ao mínimo possível. As ferramentas e os equipamentos da Sandvik Coromant que usamos combinam com a maneira com que operamos.”

Corrida para a precisão 

A relação da DSM com a Sandvik Coromant data de 2012. Os projetos de sucesso incluem a ajuda ao cliente a mudar sua produção interna de blocos de motor de alumínio interna, permitindo que produzisse peças mais precisas e com melhor desempenho que vencem eventos como o Gatornationals.
 
Imagem: Divulgação/Sandvik Coromant
A DSM procurou a ajuda da Sandvik Coromant para que se tornasse o que Osier descreve como "uma fábrica de engenharia geral completa", ou seja, uma fábrica que possa fabricar produtos de projetos que vão desde pequenos fixadores especiais e blocos de motor a nitrogênio de massa certa até as famosas peças de alumínio para os setores de desfesa e aeroespacial. Desde o rápido desenvolvimento do protótipo até a produção em massa. 
 
“Quando contamos com um parceiro externo para qualquer coisa, há uma questão de confiança,” afirma Osier. “A Sandvik Coromant tem produtos consistentes de alta qualidade e vida útil longa. Ela oferece suporte de engenharia para ajudar a lidar com qualquer projeto.”
 
Brian Flores, gerente de canal da Sandvik Coromant para o oeste dos EUA, concorda: “Ajudamos a DSM de várias maneiras, desde suporte aos engenheiros de venda local até os especialistas em automóveis e experts em melhorias de processo da DSM. Isso implica em trabalhar junto com sua equipe de programadores especializados para desenvolver peças de precisão como cabeçotes de pistões ou blocos de motores a partir de blocos de alumínio sólidos e difíceis de usinar.”
 
“Esses processos de manufatura são muito complexos," explica Flores. “As ferramentas da Sandvik Coromant são usadas nos nossos tornos e fresas, que foram fabricados pela Okuma America, o que nos permite usinar peças com os padrões de qualidade necessários. É aqui que as ferramentas mais resistentes mostram que são fundamentais.”
 
Para essas aplicações, a DSM conta com ferramentas como as fresas para cantos a 90 graus CoroMill® 390 desenvolvidas para serem versáteis, com recusos de usinagem em rampa para produção mista. Com as geometrias de pastilha de corte leve, a CoroMill® 390 de alto desempenho foi desenvolvida para uma usinagem sem vibração e com baixas forças de corte, proporcionando um fresamento seguro em todos os materiais. 
 
Essas propriedades são especialmente vantajosas para usinar alumínio, material com a tendência a se mover quando cortes radiais agressivos e profundos são usados em alta velocidade devido aos altos níveis de esforço do material. A Sandvik Coromant trabalha exaustivamente com os projetistas de CAD da DSM. 
 
“É tudo questão de qualidade e atenção aos detalhes, não importa se é um desenho para um bloco de motor ou uma peça aeroespacial,” diz Osier. “É isso que garante que temos a expertise de engenharia para produzir com a qualidade que a indústria aeroespacial precisa. Nós também precisamos dos equipamentos e das ferramentas certas para isso.”

Redução do refugo 

Cuidamos da qualidade e da precisão, mas e a sustentabilidade? Para atender à norma ISO 9001: 2015, uma empresa deve mostrar suas capacidades em duas áreas principais. A primeira é a capacidade de fornecer produtos e serviços de forma consistente e que atendam aos requisitos do cliente e às regulamentações e estatutos aplicáveis. 
 
A segunda é aumentar a satisfação do cliente aplicando o sistema. Para a fábrica, isso está vinculado ao sistema de gestão de qualidade da DSM de forma inerente, mas também significa sustentabilidade. 
 
Para isso, a DSM também usa a fresa CoroMill® 790 para materiais ISO N, desenvolvidos para trabalhos de alta precisão. A fresa CoroMill® 790 é um "super removedor" para o qual a remoção de cavacos eficiente faz parte da usinagem de um produto de qualidade. 
 
“Procuramos por ferramentas que possam produzir peças consistentes e repetitíveis e que minimizem nosso refugo e tempo do ciclo,” explica Osier. “Então, considero que maximizar nosso resultado e reduzir o sucateamento de materiais em processos automatizados são os pontos mais importantes quando o assunto é sustentabilidade.” 
 
“Este é um desafio real ao produzir motores de corrida em alumínio,” Flores acrescenta. “A quantidade de material removida é incrível. Precisa de técnicas e caminhos de programação
muito intensos e específicos. Acredito que é onde a Sandvik Coromant faz a diferença: ajudando a DSM a encontrar a maneira mais produtiva para lidar com essas peças.”
Como uma fábrica de alta tecnologia, a DSM compreende que o desgaste da ferramenta vai além das ferramentas e que é necessário um monitoramento efetivo para que sejam usadas ao máximo. 
 
Para isso, a DSM usa a plataforma CoroPlus® Machining Insights da Sandvik Coromant, uma expansão do pacote de software de conectividade CoroPlus da empresa. A plataforma foi desenvolvida para dar aos fabricantes maior visibilidade das máquinas-ferramentas CNC e dos processos de usinagem. Além disso, a fábrica também conseguiu integrar o sistema no sistema integrado de gestão empresarial (ERP).
 
“Podemos rastrear o desempenho das ferramentas, o que é muito importante,” destaca Osier. “As ferramentas e os equipamentos trabalham juntos com nossa automação e tecnologia. 

De olho no futuro

Esta abordagem de alta tecnologia não abrange apenas as ferramentas, mas também se estende ao treinamento. Desde 2016, a Sandvik Coromant opera, dentro da fábrica da DSM, uma instalação de treinamento dedicada com 5.000 pés quadrados, o que representa o relacionamento entre as duas empresas. Os alunos ganham experiência prática em usinagem, ferramentas e técnicas modernas e a DSM recebe os clientes da Sandvik Coromant da região. 
 
“É uma excelente parceria que beneficia as duas empresas, inclusive conforme avançamos nos setores automotivo e de defesa” diz Osier. “Isso também apresentou a Sandvik Coromant aos nossos clientes Tier 1 de grande porte para que eles fossem os primeiros a experimentar os benefícios e valores dos produtos da Sandvik Coromant.” 
 
Osier estima que a produção da DSM agora está dividida pela metade entre suas obrigações com as corridas e seus contratos de engenharia de precisão geral. O fabricante continuará a se desenvolver, investindo inclusive em impressoras 3D de metal. Ele também planeja expandir seu centro de treinamento e formação para outros setores além das corridas e automotivo. Isso inclui a adaptação de suas instalações de treinamento de acordo com os protocolos de combate à COVID-19 e explorar as possibilidades de conferências e vídeos Webex. 
 
“Estamos sempre procurando novas maneiras de satisfazer nossos clientes e patrocinadores,” afirma Osier. “A certificação ISO 9001:2015 abriu portas para nós e iremos além adquirindo o sistema de gestão de qualidade padronizado AS9100 para a indústria aeroespacial. Isso é muito mais uma extensão da ISO 9001: 2015 em termos de sustentabilidade e só é possível graças ao apoio contínuo da Sandvik Coromant.”
 
“A Sandvik Coromant tem produtos consistentes que são líderes de mercado e oferece o suporte de engenharia que nos permite lidar com qualquer projeto,” conta Osier que também explica 
 
“Precisão e qualidade são fundamentais em tudo o que fazemos e usamos as ferramentas da Sandvik Coromant para atender as necessidades de precisão tanto na indústria de esportes a motor quanto nas demais indústrias em que atuamos,” Osier. “Suas ferramentas e suporte de alta qualidade e durabilidade proporcionam sustentabilidade para nós. Sem isso, não podemos atender nossas obrigações com nossos clientes.”
 
As corridas de automóveis podem ter começado cinco minutos depois que o segundo carro foi construído, mas, com seu contínuo talento empreendedor, a adição da ISO 9001: 2005 e as soluções de ferramentas da Sandvik Coromant, parece que a DSM continuará liderando a corrida em uma variedade de indústrias por muitos anos. 



Comentários