Novo evento do setor é incluído no calendário de feiras de negócios

Fonte: Ipesi - 08/10/07

Herdeiros de Caio de Alcântara Machado estão de volta ao mercado de feiras de máquinas, equipamentos para transformação de metais e produtos relacionados, por meio da AM3, empresa controlada pelos filhos do lendário criador de feiras de negócios no Brasil.

O primeiro evento do segmento a ser organizado pela AM3 é a Techmei 2008 - Feira Internacional de Tecnologia em Máquinas e Equipamentos Industriais, que será realizada de 14 a 18 de outubro de 2008, no Centro de Exposições Imigrantes, na zona sul de São Paulo (SP).

Idealizada pela Abimei - Associação Brasileira dos Importadores de Máquinas e Equipamentos Industriais, o evento deverá reunir cerca de 300 expositores. “Esta é a nossa meta”, afirma o diretor presidente da AM3, Caio de Alcântara Machado Junior, destacando que um terço do espaço de 22 mil metros quadrados do Centro Imigrantes alocados para a realização da Techmei 2008 já estão reservados pelos associados da Abimei.

A meta é modesta se comparada às grandes feiras setoriais - a Mecânica e a Feimafe - cuja lista de expositores inclui mais de 1.000 expositores, mas ambiciosa em relação às feiras regionais, como a Febramec, realizada em agosto em Caxias do Sul (RS) com 250 expositores; ou a Intermach, realizada em setembro, em Joinville (SC), com 450 expositores.

A inclusão da Techmei no calendário de feiras de negócios, aliás, poderá num primeiro momento ter reflexos nas feiras regionais, pela proximidade de calendários. Todas são realizadas no segundo semestre, até novembro, quando normalmente acontece a MecMinas, em Belo Horizonte (MG), que fecha o calendário de feiras do setor no Brasil. Neste ano a MecMinas será realizada de 6 a 9 de novembro.

Há empresas que estudam reduzir a participação nas feiras regionais para dirigir parte das verbas para expor na Techmei. São raras as que cogitam abandonar as tradicionais Mecânica e Feimafe.

Todavia, nota-se também que há uma preocupação crescente com a exposição nos mercados regionais, cada vez mais importantes para as receitas das empresas. Não são raros os casos de empresas que obtêm mais de 20% de suas receitas nos mercados regionais.

Um outro aspecto que tende a ter peso fundamental é a própria expansão dos mercados regionais. Por exemplo, no Rio Grande do Sul, espera-se substancial crescimento da demanda por conta da recuperação da agroindústria, sem contar os setores que se mantêm dinâmicos, como o de moldes e matrizes, e o das indústrias que fazem parte da cadeia automotiva.

Em Santa Catarina, nota-se que muitas pequenas empresas substituem máquinas e equipamentos mais antigos por modelos de geração tecnológica mais recente. A economia mineira também se mostra bastante dinâmica, pelos investimentos em mineração, siderurgia e setor automotivo.

Os organizadores afirmam que a Techmei 2008 foi criada para atender à demanda reprimida pelas limitações de espaço do Parque do Anhembi, onde são realizadas a Feimafe e a Mecânica. De fato, há uma fila de espera para estes dois eventos e nem todos podem ser atendidos.

Mais informações sobre a Techmei 2008 podem ser obtidas pelo telefone 11-3044-7551, na AM3.



Comentários