Villares Metals amplia sua unidade em Joinville

O Centro de Serviços e Soluções da Villares Metals, no Perini Business Park, em Joinville, está em em obras para atender plano de expansão. Depois de pronta, a unidade passará a ocupar uma área de 3.300 m², permitindo que a empresa aumente o portfólio de produtos em aços e ligas especiais, além de ampliar o serviço de tratamento térmico e assistência técnica para Joinville e região.

Desde o início dos trabalhos de ampliação, a Villares Metals já realizou a interligação entre os galpões e o nivelamento do piso do novo espaço. Na nova área também já foi realizada a instalação do trilho da ponte rolante. A próxima ação será a transferência de uma das pontes para a nova área. A previsão é que as obras sejam concluídas no segundo trimestre deste ano.

Com a expansão da unidade, a empresa terá mais agilidade para atender os atuais clientes, além de ampliar os segmentos atendidos, que são centrais para o negócio da Villares Metals, como o de moldes para plásticos, energia, máquinas e equipamentos, industrial e manutenção.

A nova área produtiva receberá novos equipamentos, como máquinas de corte e fornos de tratamento térmico à vácuo e de revenimento. Parte dos atuais equipamentos serão substituídos por equipamentos modernos, trazendo maior segurança aos operadores, produtividade e confiabilidade com tecnologias embarcadas para controle remoto dos processos. Com o novo investimento, a Villares Metals ampliará seu portfolio para atender à crescente demanda da região por produtos e serviços de alta tecnologia. A Villares Metals é uma empresa fornecedora de serviços e soluções em aços especiais e tratamentos térmicos.

Com sede em Sumaré (SP), a companhia faz parte da divisão High Performance Metals do grupo voestalpine, com sede em Linz, na Áustria. Com mais de 1.400 funcionários tem unidades localizadas em Sumaré, Joinville, Vespasiano (MG) e Flores da Cunha (RS), a siderúrgica atende os principais segmentos da indústria: ferramental, óleo & gás, energia, automotivo e bens de capital.




Comentários