Air Liquide firma parceria com ArcelorMittal em projeto piloto para capturar e reciclar carbono

A Air Liquide, líder mundial em gases, tecnologias e serviços para a indústria e saúde, estabeleceu uma parceria com a ArcelorMittal na primeira planta de demonstração em escala industrial para capturar gás carbônico do processo siderúrgico e reciclá-lo em produtos químicos, especificamente o bioetanol avançado, que é a segunda geração de biocombustíveis fabricados a partir de biomassa não alimentar.

A Air Liquide, líder mundial em gases, tecnologias e serviços para a indústria e saúde, estabeleceu uma parceria com a ArcelorMittal na primeira planta de demonstração em escala industrial para capturar gás carbônico do processo siderúrgico e reciclá-lo em produtos químicos, especificamente o bioetanol avançado, que é a segunda geração de biocombustíveis fabricados a partir de biomassa não alimentar. 

Neste projeto, a Air Liquide Engenharia e Construção fornecerá uma solução tecnológica que purifica os gases provenientes do alto forno. Tais gases serão injetados em um biorreator para produzir bioetanol. A tecnologia faz uso do extenso conhecimento da Air Liquide e ilustra a sua capacidade de desenvolver soluções sustentáveis, que auxiliam seus clientes na indústria siderúrgica na redução das emissões de gases do efeito estufa. 

O projeto é liderado pela ArcelorMittal, líder mundial no ramo siderúrgico, em conjunto com sua parceira Lanzatech, com apoio do EU Horizon 2020, programa de pesquisa e inovação da União Europeia. Localizada na usina siderúrgica da ArcelorMittal em Ghent, na Bélgica, esta primeira planta de demonstração em escala industrial produzirá bioetanol avançado a partir de gases residuais do processo de fabricação do aço. A construção da instalação está em andamento e o início da operação da planta está previsto para o final de 2020. A expectativa é de produzir 80 milhões de litros de bioetanol anualmente. 


Continua depois da publicidade


François Venet, Vice-Presidente Sênior de Estratégia e membro do Comitê Executivo do grupo Air Liquide que supervisiona a Linha de Negócios de Grandes Indústrias e de Engenharia e Construção, afirma: "Esta nova parceria com a ArcelorMittal demonstra nosso compromisso compartilhado de contribuir para a redução das emissões de gases do efeito estufa. Este também é um projeto claro das iniciativas com as quais a Air Liquide se comprometeu, como parte de seus objetivos para o clima. Nós nos empenhamos em superar os limites da inovação, a fim de reduzir as emissões de carbono da indústria e desenvolver soluções de tecnologia para que nossos clientes contribuam para a transição energética". 




Comentários