Vermeer traz soluções inovadoras para parques solares Intersolar 2019

Equipamentos e técnicas de referência nos mercados mais exigentes do planeta estão disponíveis no Brasil.

A Vermeer Brasil apresentará seu conjunto de soluções premium em maquinário para os setores de energia fotovoltaica e termossolar na Intersolar South America 2019, que ocorre entre os dias 27 e 29 de agosto no Expo Center Norte em São Paulo.

“O Brasil receberá investimentos privados da ordem de R$ 21,3 bilhões neste modal energético até 2022, tanto em geração centralizada como descentralizada, o que aponta para crescimento relevante desta matriz em praticamente todos os estados. Dispor das soluções mais eficientes é crucial para isso”, frisa César Leite, gerente Regional América Latina da Vermeer.

A Vermeer possui soluções e tecnologias avançadas para todas as fases por mais desafiadores que sejam os projetos de usinas fotovoltaica. Isso significa desde a fase de supressão vegetal até a cravação de estacas para os painéis solares e abertura de valas para auxiliar passagem de cabeamentos.

A supressão vegetal, por exemplo, é realizada por meio de trituradores horizontais com alta capacidade que auxiliam na redução de volume e reaproveitamento de biomassa. Nossos equipamentos possuem produtividade de 200 m3/h até 600 m3/h.


Continua depois da publicidade


Quanto à cravação de estacas, o instalador de estacas PD10 eleva a produtividade, a precisão e o alinhamento para a montagem de postes (de 3 a 6 metros). O equipamento possui motor Diesel Deutz ou Yanmar 47 hp (36,5 kW), martelo hidráulico, estação operador com ROPS, monitoramento, receptor laser standard e joysticks de precisão. Além dele, o PD5 chegará em breve ao Brasil.

Já o valeteamento contínuo é indispensável para o cabeamento e outras etapas dos projetos. As valetadeiras da Vermeer destacam-se pela qualidade, versatilidade e capacidade de reaterro o que, dependendo da atividade, chegam a superar a capacidade de até quatro retroescavadeiras.

“Em uma linha contínua, reta ou curva, a uma certa profundidade, as valetadeiras podem ser de 3 a 4 vezes mais rápidas que uma retroescavadeira. Em áreas com raízes, terrenos compactados ou rochosos essa diferença é ainda maior. Excelente rendimento em solos com incidência de rochas e pedras”, explica Flávio Leite, gerente geral da Vermeer Brasil.

Por exemplo, as valetadeiras RTX550 e RTX1250 atuam, respectivamente, com profundidades e larguras de 1,52 cm e 30,5 cm até 1,83 m e 45,7 cm. Além delas, há diversas outras soluções em equipamentos como os modelos T755 e o T955.




Comentários