Investimento da SCHUNK de €85 milhões em unidades de produção refletirá no Brasil

A multinacional alemã fará aportes financeiros, até 2020, em três unidades alemãs e uma norte-americana e as melhorias trarão aumento de vendas para a filial brasileira

Com base no programa de investimentos, a SCHUNK SCHUNK GmbH & Co. KG, empresa familiar alemã, líder em sistemas de garras e tecnologias de fixação, está preparando um novo e grande passo em seu crescimento global, o investimento de € 85 milhões nas unidades de Brackenheim-Hausen (Alemanha), Mengen (Alemanha), St. Georgen (Alemanha) e Morrisville (EUA) até 2020. Serão criados 42 mil metros quadrados adicionais de produção e edifícios administrativos.

Segundo o diretor administrativo da filial brasileira SCHUNK Intec-Br., Mairon Anthero, as aplicações nas plantas, em especial, na Alemanha refletem diretamente no Brasil e, ainda, prevê aumento de vendas nacionalmente. “Nossos produtos são todos importados e vem destas unidades alemãs. A melhoria e aumento de poder produtivo destas fábricas nos auxilia nos processos de prospecção, uma vez que teremos prazos mais curtos de entrega. Acredito que aumentaremos nossas vendas em 30%”, afirma.

Os investimentos

Tudo começou na planta norte-americana da Carolina do Norte, onde novos escritórios foram oficialmente inaugurados há alguns dias. Além da expansão da área de produção, a SCHUNK Intec USA construiu um novo centro administrativo com conceito arquitetônico aberto, inspirando e desenvolvendo criatividade e pensamento crítico. Na recém-criada Área do Cliente, os usuários podem experimentar os produtos SCHUNK ao vivo e receber informações especializadas em Fóruns de Tecnologia e Workshops. Sob o lema "One Team - One Family - One Future", a nova expansão de aproximadamente 4.000m² foi inaugurada no início de maio com uma cerimônia oficial seguida de um evento Open House.


Continua depois da publicidade


Ao lado do sócio administrativo, Heinz-Dieter Schunk e do CEO da multinacional, Henrik A. Schunk, o presidente da SCHUNK Intec USA, Milton Guerry, estava entusiasmado com as oportunidades de investimento oferecidas para o futuro. O Ministro de Relações Econômicas do estado da Carolina do Norte, Anthony Copeland, elogiou a SCHUNK pelo ótimo exemplo de empresa geradora de trabalho e que destaca os ativos do Estado como região de negócio. A maior subsidiária da SCHUNK foi fundada em 1992 para garantir a proximidade com clientes americanos, bem como de subsidiárias de empresas alemãs, e essa estratégia é um sucesso, já que a produção local garante entrega rápida e alta flexibilidade, especialmente porque componentes específicos podem ser produzidos especificamente para o mercado americano.  Hoje, essa unidade nos EUA, que tem recebido um investimento da SCHUNK no total de € 10 milhões para sua expansão, desempenha um papel de liderança dentro de todo o mercado norte e sul-americano.

Boom em automação e digitalização

Além disso, € 40 milhões tem sido investido no Centro de Competência de Sistemas de Garras em Brackenheim-Hausen, na Alemanha, apenas a cinco quilômetros da sua matriz, em Lauffen. A expansão cobre uma área de 22 mil metros quadrados e representa o dobro da área de produção já existente. A SCHUNK está investindo outros € 30 milhões no Centro de Competência de tecnologia de placas de torno e fixação estacionária, em Mengen, no estado de Sigmaringen, também no país alemão. Nesta unidade, 12 mil metros quadrados estarão disponíveis para produção, pesquisa e desenvolvimento. 

Outros € 5 milhões foram investidos na unidade de St. Georgen, na Floresta Negra, onde a área de produção duplicou com o aumento de 4.200 m². Henrik vê um volume total de € 85 milhões como investimento consistente no futuro da empresa: “Nos próximos anos vamos vivenciar um boom na automação e na digitalização global e nós apenas estaremos aptos a isso, tendo as capacidades certas”, disse o CEO.

Por muitos anos a SCHUNK teve sucesso focando nessas duas tendências: concentrando em recursos e know-how. Henrik espera altas taxas de crescimento, especialmente na área de mecatrônica e com o aumento da inteligência de dispositivos de fixação e sistemas de garras.

A inovadora empresa familiar emprega mais de 3.500 funcionários, tem sido, por anos, pioneira e fonte de ideias na produção automatizada. A SCHUNK, recentemente, também anunciou a parceria com a AnotherBrain, uma das maiores líderes globais em inteligência artificial. 

Na carteira de clientes da SCHUNK estão as principais empresas de engenharia mecânica, robótica, automação e montagem, além de todos as renomadas marcas automotivas e seus fornecedores. A companhia opera diretamente com 34 subsidiárias e nove unidades industriais ao redor do mundo.




Comentários