Tecnologias de bombeamento podem auxiliar na estabilidade de barragens

Especialmente em épocas de chuva, equipamentos ajudam a diminuir a carga das barragens por meio da drenagem de águas fluviais

Em abril, a Agência Nacional de Mineração (ANM) informou ter interditado quase vinte barragens por problemas de estabilidade. A decisão foi tomada para atender ao que é determinado na Declaração de Condição de Estabilidade, cujas informações devem ser encaminhadas anualmente pelas mineradoras. Mas será que situações deste porte, que podem resultar em rompimentos, poderiam ser evitadas? Para a Itubombas, empresa especializada na locação de sistemas emergenciais de bombeamento, a resposta é sim e passa pelo uso de alta tecnologia.

O responsável pela área Comercial da empresa, Roberto Horii, explica que especialmente em épocas de chuva, o uso de motobombas podem ajudar a manter a estabilidade das barragens, por meio da drenagem constante das águas e envio delas para canais fluviais. Este é o trabalho que os equipamentos da Itubombas fizeram na Barragem Germano, da Samarco, por exemplo. “A Samarco utilizou cerca de 40 unidades das motobombas ITU-1212S17 para desviar água de chuva da reconstrução da mesma. Com vazão de 1,5 mil m3/h, os equipamentos chegaram a bombear milhões de m3 de água de precipitação pluviométrica”, conta Horii. 


Continua depois da publicidade


Por sua alta vazão, o modelo ITU-1212S17, fornecido com sistema de monitoramento a distância e acionamento remoto, é o mais indicado para este tipo de operação. Mas, além das motobombas, a Itubombas também disponibiliza a locação de vários acessórios, como é o caso das mangueiras, tubulações, acoplamentos e flutuadores, além do suporte técnico para dimensionamento hidráulico de cada aplicação e operação dos equipamentos. “Vale ressaltar que, em casos emergenciais, o uso das motobombas a diesel não dependem de energia elétrica e a montagem pode ser feita de forma muito rápida”, finaliza Horii.




Comentários