Iscar do Brasil firma parceria com Instituto Mauá de Tecnologia

Iscar do Brasil consolida parceria com projeto educacional para alunos de graduação do campus do Instituto Mauá de Tecnologia.

Na última semana a ISCAR concluiu sua primeira participação no Programa PAE 2019 - Projetos de Atividades Especiais, em parceria com o Instituto Mauá de Tecnologia em São Caetano/SP.

No projeto em questão a ISCAR contribui levando aos alunos uma Introdução aos Processos de Usinagem – Torneamento, Fresamento e Furação e tecnologias digitais para seleção de ferramentas e estudo de processos de usinagem.

Os encontros semanais foram em sua maioria ministrados pelos Gerentes das linhas de Produto da ISCAR, Marcelo Bueno, Sandro Mello e Marcos Silva, que conduziram aulas técnicas teóricas, demonstrações práticas nas máquinas CNC (ROMI e Mazak), além de exercícios e estudos com as principais Ferramentas Digitais 4.0 da ISCAR; o seletor de ferramentas ITA - Iscar Tool Advisor, que indica qual a melhor solução para uma dada operação de usinagem e define os parâmetros de corte a serem utilizados disponibilizando também dados de demanda de potência da operação, e E-CAT - Eletronic Catalog, que oferece a biblioteca completa de ferramentas ISCAR e de modo bastante intuitivo realiza montagens de conjuntos e disponibiliza para download os desenhos 2D, modelo 3D e todo pacote de arquivos de integração CAD/CAM conforme ISO 13399. Os encontros aconteceram nas modernas instalações do laboratório-oficina do Bloco A, sempre com o acompanhamento e apoio irrestrito do professor Adalto de Farias.


Continua depois da publicidade


Ao final do período, os alunos apresentaram um trabalho conclusivo de seleção de ferramentas, definição de estratégias de usinagem e estudo de tempo baseado em tudo que aprenderam. Uma parceria muito significante entre uma das mais renomadas instituições acadêmicas do país e uma dos maiores fabricantes mundiais de ferramentas de corte, contribuindo para a formação dos futuros profissionais do mercado de engenharia e usinagem.




Comentários