VWCO investe € 1,5 milhão em segunda linha de produção de ônibus no México

Nova área na planta de Querétaro está pronta para a montagem de três chassis MAN

A Volkswagen Caminhões e Ônibus inaugura a segunda linha de montagem de ônibus em sua fábrica de Querétaro, no México, e para a qual investiu € 1,5 milhão. Conforme a VWCO já havia confirmado em dezembro de 2018, a nova linha marca a retomada da fabricação de produtos da marca MAN na unidade, que passará a montar os chassis RR3 19.360, 19.480 e RR5 26.480, dedicados ao mercado de ônibus rodoviários e de fretamento.

A nova linha ocupa uma área de 900 metros quadrados dentro dos mais de 18 mil m2 que a fábrica dedica à montagem de chassis de ônibus. A linha 2 de Querétaro conta com seis estações de trabalho e capacidade para montar um chassi por dia. Com a nova área, a planta criou 42 novos postos de trabalho. Em cada um dos postos de trabalho, a operação cumpre o protocolo de produção do veículo e as normas globais de qualidade do grupo. Ao final de todas as etapas, é feita uma inspeção para validar todo o processo.

O encarroçamento também ocorre na unidade, após a montagem do chassi e por fim, são instalados sistemas de segurança e assistência (ACC, LGS, EBA), que são testados para avaliar seu funcionamento. Os encarroçadores homologados pela MAN para estas plataformas são a Marcopolo, a Ayats e a Irizar, em suas versões de piso simples ou duplo, de 13 até 15 metros de comprimento.


Continua depois da publicidade


“Nosso chassi MAN RR5 26.480 nasce otimizado para a fabricação de ônibus de dois andares, o que representa uma vantagem em termos de segurança, conforto e desempenho, tornando-se o chassi preferido dos transportadores mexicanos, como o Grupo IAMSA, sendo o ônibus de piso duplo mais vendido no país”, lembra o diretor geral da Volkswagen Caminhões e Ônibus no México, Leandro Radomile.

Para o pós-venda, a empresa conta com um armazém central de peças de onde elas saem para distribuição em todo o país, por meio da rede de concessionárias. “Contamos com técnicos regionais com unidades móveis, a cobertura de nossa rede de concessionários e em breve seis deles qualificados como MAN Bus Center para dar a atenção certificada e prestar a manutenção solicitada”, acrescenta o diretor comercial Miguel Vallejo.

Tópicos:



Comentários