Tenneco anuncia compra da Öhlins por US$ 160 milhões

Aquisição trará agilidade na oferta de novas tecnologias em suspensão


Continua depois da publicidade


A Tenneco assinou um contrato para adquirir a Öhlins, empresa de tecnologia sueca que desenvolve amortecedores, sistemas de suspensão e componentes para os automóveis, motos e veículos de competição. O valor total informado para a compra é de US$ 160 milhões. A aquisição deve ser concluída no primeiro trimestre de 2019 e estará sujeita a aprovações regulamentares e outras condições costumeiras para o fechamento. 

"A equipe de tecnologia da Öhlins vai possibilitar um crescimento rápido de nossas ofertas de produtos para os clientes atuais e futuros, além de nos ajudar a conquistar uma participação de negócios maior no desenvolvimento do mercado de mobilidade”, afirma o co-CEO da Tenneco, Brian Kesseler. 

Com a Öhlins, a Tenneco acredita que vai acelerar a criação de soluções avançadas em suspensões inteligentes originais de fábrica e sua chegada ao mercado. A empresa também está certa de que o aftermarket será beneficiado. 

O fundador da Öhlins (Kenth Öhlin) terá participação minoritária e será parceiro da Tenneco para manter sua visão estratégica e tecnológica. A Öhlins tem tradição em veículos de alto desempenho e fornece sistemas de suspensão até mesmo para equipes de Fórmula 1, Fórmula E, Nascar e MotoGP. 


Continua depois da publicidade


Recentemente, em 1º de outubro, a Tenneco concluiu a aquisição da Federal-Mogul, fornecedora líder global para fabricantes OEM, com receita de US$ 7,8 bilhões em 2017. Em curto prazo, a Tenneco espera separar seus negócios para formar duas novas empresas independentes, uma de aftermarket e ride performance e outra de tecnologias para powertrain. Isso deve ocorrer no fim de 2019. 

Após a separação, a divisão de aftermarket e ride performance estará entre as grandes empresas globais multilinhas e multimarcas da área de reposição no que se refere a suspensões e freios. Monroe, Walker, Clevite Elastomers, Moog, Fel-Pro, Wagner e Champion estão entre as principais marcas. 

Também depois da separação, a divisão de tecnologia para powertrain será uma das maiores entre aquelas dedicadas exclusivamente a motores, servindo a mercados OE em todo o mundo com soluções projetadas para a economia de combustível, produção de energia e para os requisitos de emissões de propulsores de combustão interna.




Comentários