Scania realiza a maior venda de ônibus de sua história

Empresa fornecerá 481 veículos movidos a GNV para a Transmilênio, sistema de BRT da Colômbia; todos serão fabricados no Brasil

A Scania anuncia a maior venda de ônibus de sua história para o mesmo cliente: a montadora fornecerá 481 veículos movidos a gás natural (GNV) para renovar 40% da frota da Transmilênio, sistema de BRT de Bogotá, na Colômbia. Todo o lote será composto por ônibus com tecnologia Euro 6, o que representará redução significativa de emissões, como 98% de material particulado, 96% de óxido de nitrogênio (NOx) e 20% de dióxido de carbono (CO2) em comparação com a maior parte dos ônibus disponíveis na cidade com tecnologia Euro 2. Os veículos começam a rodar no primeiro semestre de 2019.

A licitação prevê que um total de 1,4 mil ônibus sejam renovados entre 2019 e 2020. Os fornecedores de 1,2 mil deles já foram definidos, dos quais 60% serão movidos a diesel com veículos Euro 5 - 700 serão da Volvo - e 40% a gás natural: a Scania é a única montadora selecionada para fornecer os veículos movidos a GNV.

“Os ônibus Scania Euro 6 a gás são uma realidade no transporte urbano na Europa e desde 2015 um total de 227 com esta tecnologia operam na cidade colombiana de Cartagena. As autoridades e operadores colombianos viram que esta tecnologia é ideal para centros urbanos, pois praticamente não polui o ar e faz pouco ruído, uma solução verdadeiramente sustentável”, comenta o diretor-geral da Scania na Colômbia, Juan Carlos Ocampo.


Continua depois da publicidade


A operadora SI2018 (Sistema Integrado de Provisón de Flota Si 2018) adquiriu todos os veículos Scania Euro 6 a gás, dos quais 302 biarticulados com capacidade para transportar até 250 passageiros, e outros 179 articulados, para até 160 passageiros. Todos os 481 veículos serão produzidos na fábrica da Scania no Brasil, em São Bernardo do Campo (SP) e serão encarroçados pela empresa colombiana Busscar.

“Esta operação confirma o compromisso da Scania em liderar a transformação para sistemas de transporte mais sustentáveis. A nossa planta de São Bernardo do Campo é parte do sistema de produção global da Scania e está preparada para produzir estes veículos com tecnologia de ponta”, conta o presidente e CEO da Scania para a América Latina, Christopher Podgorski.

A Scania também fornecerá ao operador toda a manutenção dos veículos.

Tópicos:



Comentários