Veículos pesados acumulam alta próxima a 40% no ano

Caminhões e ônibus emplacados até outubro superam as 106 mil unidades

A venda de veículos pesados somou no acumulado do ano 106,8 mil unidades, registrando alta de 39,3% sobre iguais meses do ano passado. O crescimento decorre da demanda aquecida tanto por caminhões como ônibus. Os números foram divulgados pela Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionários.

Com 23 úteis, o mês de outubro anotou 12,2 mil emplacamentos de pesados, volume 7,9% maior na comparação com setembro, que teve dois dias úteis a menos. O crescimento em outubro foi semelhante ao anotado pelos veículos leves.

A análise por segmento mostra que nestes dez meses foram emplacados no País 84,2 mil caminhões. O total é 37,9% maior que o de igual período de 2018 e tem como principais motivos o aumento do volume de vendas de extrapesados para o transporte de grãos e a retomada dos negócios no varejo, com aumento da venda de veículos de médio porte.

O licenciamento de ônibus nestes dez meses teve 22,5 mil unidades, resultando em alta de 44,4% sobre os mesmos dez meses do ano passado. A razão para isso são as licitações para renovação de frotas urbanas, mas as empresas de transporte intermunicipal e interestadual também estão investindo na troca e ampliação do número de veículos.

Tópicos:



Comentários