Morungaba será sede de projeto de reciclagem e economia circular

A expectativa é arrecadar 15 mil embalagens de PEAD em cinco dias de ação


Continua depois da publicidade


Com a finalidade de engajar a população para o descarte correto de suas embalagens e promover a economia circular, a Greco & Guerreiro, empresa transformadora de plásticos situada em Morungaba (SP), criou a Coleta Premiada.  A ação conta com o apoio institucional da ABIPLAST (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) e é realizada em parceria com a consultoria TriCiclos e a colaboração do varejo, cooperativas, recicladores e Prefeitura de Morungaba. A expectativa da indústria é coletar até 15 mil embalagens durante a campanha, que acontece de 5 a 10 de novembro.

O PEAD (Polietileno de Alta Densidade) está presente nas embalagens de produtos de limpeza, como amaciantes, sabão líquido, água sanitária e lustra móveis, e de higiene (por exemplo, shampoo e condicionador).

Para participar, basta levar as embalagens plásticas de PEAD para um dos supermercados parceiros da ação e trocar pelo cupom, que dá direito a cinco vouchers de R$ 300 em compras, além de um brinde surpresa que será entregue no final da ação. O sorteio do programa acontecerá no dia 25 de novembro.


Continua depois da publicidade


A entrega poderá ser feita nos seguintes supermercados: Axe (R. São Benedito, 462), Caçula (Praça João Pessoa, 94), Montico (R. Pereira Cardoso, 182 76,47 km) e Poupe bem (Av. Paulo Gomes, 1).

Na visão do Head de Sustentabilidade e Comunicação da Greco & Guerreiro, Marcelo Guerreiro Mason, esse tipo de projeto é essencial para demonstrar também os benefícios do produto reciclado pós consumo, situando-o num patamar de qualidade e confiabilidade. “Hoje a matéria-prima reciclada pós-consumo que utilizamos é certificada. Isso nos confere credibilidade no mercado ao mesmo tempo que proporciona aos nossos clientes – desde os regionais até as grandes multinacionais de bens de consumo - total segurança da qualidade e características do nosso produto”, comenta.

O uso do material reciclado pós-consumo nas embalagens traz diversos impactos positivos, tais como a redução da emissão de gases de efeito estufa na atmosfera, de disposição do material plástico nos aterros sanitários e do consumo de energia elétrica e água, bem como a inclusão social e a geração de empregos.




Comentários