Vendas de veículos acumulam alta de 12,81% até julho


Continua depois da publicidade


As vendas de veículos no País, no acumulado de janeiro a julho, confirmaram as expectativas de recuperação do mercado. De acordo com os dados apurados pela Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, e divulgados nesta quarta-feira, 1º agosto, foram vendidos 1.998.245 veículos nos sete primeiros meses, considerando automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, o que representa alta de 12,81% com relação ao mesmo intervalo de 2017.

Apenas em julho, foram comercializadas 306.721 unidades, apontando crescimento de 6,61% na comparação com junho, e 15,31% acima das vendas de idêntico mês do ano passado.

No segmento de automóveis e comerciais leves, a alta também foi expressiva, 14,16% perante o mesmo acumulado de 2017, totalizando 1.335.746 unidades. Em julho, foram emplacadas 208.551 unidades, volume 6,92% superior ao de junho e 16,63% a mais do que os emplacamentos de julho de 2017.

Na avaliação do Presidente da FENABRAVE, Alarico assumpção Júnior, o mercado reagiu positivamente e segue no ritmo projetado pela entidade. “O mês de julho foi bastante positivo. A base de junho é baixa, por conta dos reflexos negativos da greve dos caminhoneiros, e ainda tivemos um dia útil a mais de vendas. Esses aspectos, somados à queda na inadimplência e o aumento da oferta de crédito, estão impulsionando o nosso Setor. Contudo, as incertezas no âmbito político nacional e o forte índice de desemprego ainda deixam o Setor em alerta”, comentou Assumpção Júnior.


Continua depois da publicidade


A média diária de vendas de automóveis e comerciais leves nos 22 dias úteis de julho foi de 9.480 unidades, 2,6% acima das 9.288 unidades de junho, que teve 21 dias úteis.

Outros Segmentos

O mercado de caminhões manteve o forte ritmo de crescimento, somando 39.005 unidades nos sete primeiros meses deste ano, registrando 50,13% de avanço sobre os mesmos meses de 2017. Em julho, o segmento somou 6.666 unidades, 16,29% acima das vendas de junho e 47,35% a mais do que um ano antes.

Neste mesmo compasso, o mercado de implementos rodoviários apontou crescimento de 81,35% nas vendas de janeiro a julho, que somaram 24.098 unidades. Na comparação com junho, as 4.077 unidades comercializadas em julho representaram ritmo mais modesto, 7,97%, mas, 89,28% de avanço ante igual mês do ano passado.

As vendas de ônibus somaram nos sete meses 9.397 unidades, 18,48% a mais do que as vendas acumuladas dos mesmos meses do ano passado. Apenas em julho, o mercado alcançou as 1.190 unidades, o que representa forte crescimento de 92,35% ante junho e 56,03% acima de junho de 2017.

As vendas de motocicletas seguem em recuperação, totalizando no acumulado de janeiro a julho 533.123 unidades, 7,14% de crescimento perante idêntico intervalo do ano passado. Em julho, foram emplacadas 76.247 unidades, o que representa 2,92% de avanço sobre junho e 8,40% na comparação com julho do ano anterior.

Acompanhe, na tabela a seguir, os dados de emplacamentos de veículos NOVOS para cada segmento automotivo.




Comentários