Duratex anuncia construção de linha industrial de celulose solúvel no Triângulo Mineiro

Fábrica será feita em parceria com grupo austríaco, produtor de fibras de celulose; investimento é de US$ 1 bilhão. Primeira produção deve ocorrer em 2022.

A Duratex, empresa produtora de painéis de madeira industrializada e pisos, louças e metais sanitários, anunciou nesta semana que vai instalar na região florestal do Triângulo Mineiro a “maior linha industrial de celulose solúvel do mundo”. A Duratex ainda não divulgou em qual cidade o empreendimento vai funcionar.

Empreendimento será instalado na área florestal da Duratex no Triângulo (Foto: Duratex/Divulgação)

A nova fábrica será feita em parceria com o grupo austríaco Lenzing, produtor de fibras de celulose, e o investimento previsto é de aproximadamente US$ 1 bilhão.

As áreas de terras e florestas do Triângulo Mineiro serão detidas pela Duratex e pela Lenzing, com participação de 49% e 51%, respectivamente.

"O fechamento da operação e a constituição da nova companhia estão sujeitos, também, às autorizações dos órgãos competentes, assim como à viabilidade do planejamento de engenharia”, informou a Duratex.

A decisão de quando a planta será construída será tomada no segundo semestre de 2019 e a expectativa é que a primeira produção ocorra em 2022.

Segundo a Duratex, a fábrica deverá ter capacidade para produzir 450 mil toneladas de celulose solúvel por ano. Toda a produção da nova fábrica será 100% destinada à exportação e vendida para Lenzing para suprir suas operações na Europa e na Ásia.




Comentários ()