FEIMEC se consolida como a mais importante feira de máquinas do país

Como amostra das novidades apresentadas na FEIMEC seguem alguns exemplos que nos chamou a atenção.

Da última edição para cá, o evento cresceu mais de 60% em relação ao número de expositores. Mais de 900 marcas compuseram o evento, abrangendo os mais diversos segmentos industriais. Ao todo foram mais de 54.000 metros de exposição, que atraíram um enorme contingente de um qualificado público, composto por profissionais da indústria metal mecânica. 

Um dos aspectos que vem agradando os visitantes é a infraestrutura. Com fácil acesso por meio do rodoanel, é possível chegar ao parque de exposições, evitando os engarrafamentos de trânsito, do centro da cidade. Isso é útil para quem vem do interior de São Paulo, assim como dos aeroportos de Cumbica ou Viracopos. Ainda que a distância seja maior do que cruzar a cidade, é bem mais rápido. Para quem prefere o aeroporto de Congonhas, esse dista apenas uns 20 minutos da Feira.

Os estacionamentos são amplos, de fácil acesso e servido por elevadores que dão acesso, praticamente, direto ao ambiente da feira. Os pavilhões são climatizados e com piso, espaço e instalações que oferecem tanto aos expositores, como aos visitantes, uma experiência agradável, na interação daqueles que desejam fazer uma boa exposição de suas linhas de produtos, com aqueles que vêm em busca de novas soluções, para os constantes desafios de competitividade da indústria moderna.


Continua depois da publicidade


Novidades.

Como amostra das novidades apresentadas na FEIMEC seguem alguns exemplos que nos chamou a atenção.

SKA 

Estande da SKA. Imagem: SKA

Com foco na indústria 4.0, a empresa trouxe para o pavilhão de exposições, várias tecnologias revolucionárias abrangendo desde a geração de protótipos até à produção em escala, conforme seguem abaixo.

Impressora 3D de metal para ambientes de engenharia e produção

A SKA traz ao Brasil a revolucionária tecnologia de impressão 3D de metal que promete transformar a manufatura - do protótipo à produção em escala, com preços competitivos em relação aos métodos e tecnologias tradicionais.

A Desktop Metal, uma startup americana fundada em 2015 é responsável pela tecnologia e chamou a atenção de líderes mundiais como BMW, Ford, General Electric, Stratasys e Alphabet, entre outros, que aportaram mais de 277 milhões de dólares.

Simulação de uma fábrica dentro do pavilhão da feira

O estande da SKA foi um centro de decisão. Estandes de empresas parceiras são as fábricas. Enquanto suas máquinas trabalham, a coleta de dados da produção foi feita e transmitida de forma automática. A produtividade de injetoras, simuladores, centros de usinagem, tornos e máquinas de corte a laser pode ser acompanhada em tempo real no estande da SKA.

Dispositivos inteligentes: conectando recursos da fábrica

Um dispositivo inteligente foi desenvolvido pelos engenheiros da SKA nos padrões mais modernos de engenharia – projeto, simulação e protótipo funcional – com investimento acessível e em pouco tempo. Utilizando componentes de mercado – como um sensor – os engenheiros conectaram o dispositivo em um banco de dados na nuvem, dando a ele a capacidade de ativar outras máquinas e reportar como está sendo utilizado

Usinagem de superfícies complexas em 5 eixos simultâneos

Foi possível assistir ao vivo em uma ROMI DCM 620-5X, a usinagem de um produto completo com superfícies complexas e ângulos negativos. Foram demonstrados os ganhos de tempo de preset e as vantagens de aplicações em 5 eixos, como setup único para usinagem completa (posicionamento e ponto zero) e redução do tempo de desbaste e redesbaste com toolpath contínuo e ferramentas curtas.

Haas Factory Outlet

Apresentou sua variada linhas de máquinas CNC, oferecendo descontos especiais, de até 32%, para alguns modelos, com financiamento direto deles mesmos, para pagamento em até 36 vezes. Além da garantia de reposição de peças, a empresa oferece também atendimento técnico local.

Blaser Swisslube

Cada vez mais presente entre as líderes no segmento de fluidos de corte para usinagem, a empresa pode discutir com os visitantes, estratégias para reduzir custos de produção em até 21%. Para seus especialistas, a escolha e aplicação correta do fluido de corte, pode ainda resultar em até 80% na redução de refugos e retrabalhos, além de diminuir os custos com fluidos de corte em atém 72%. 


 

Igus

A empresa trouxe diversas novidades em produtos para movimentação, as quais já estão disponíveis ao mercado. Entre essas novidades, destacou se a máquina drylin package, a qual possibilita o set-up automático de guias lineares em esteiras transportadoras para a indústria de embalagens. Também foi destaque a comparação de buchas e mancais em polímero versus as soluções metálicas, além de uma Estação Interativa Lean, demonstrando o funcionamento da esteira porta cabos E4.1 Lean e seu mecanismo de separação, que reduz em até 80% o tempo de montagem e instalação, além da linha completa de cabos de Rede, perfeitos para operação prolongada e com garantia de prolongada vida útil.
https://youtu.be/XSS1exeIttY

Pilz 

Na área da segurança industrial, destacaram-se os produtos da empresa Pilz do Brasil Sistemas Eletrônicos de Segurança e Automação Industrial Ltda. Com soluções de automação seguras e completas, a empresa desenvolve e fornece produtos, sistemas e serviços, incluindo sensores, relés de segurança, sistemas de controle e drives. As soluções da Pilz podem ser usadas em todas as áreas da indústria, como embalagem, setor automobilístico, indústrias de energia eólica, de transporte e de prensa.
Ao longo do evento foram feitas palestras para apresentação das novidades, oferecendo, assim, uma oportunidade para que os visitantes se inteirassem dos temas e tirassem suas dúvidas.
https://goo.gl/1ursza

Zeiss

A empresa apresentou soluções inovadoras para as áreas de metrologia industrial e microscopia, atendendo as demandas provenientes dos modernos conceitos da indústria 4.0 e Internet Industrial das Coisas, ou, simplesmente IIoT - Industrial Internet of Things.

Para tanto a Zeiss construiu em seu estande uma célula, simulando um típico chão de fábrica automatizado, com a colaboração das empresas CRK e Kuka. 

Nesta célula, um robô manipulava peças e as submetia a análises em uma máquina de medição tridimensional Zeiss DuraMax. Um conjunto de monitores, estrategicamente posicionados coletavam dados em tempo real, permitindo, desse modo, um perfeito controle de toda a operação.

A empresa apresentou, também, soluções para integração de máquinas com o software PiWeb, que organiza o fluxo de informações, assegura a qualidade do que se está produzindo e aumenta a produtividade. O programa permite a emissão de relatórios em tempo real em âmbito global. No experimento a empresa contou com os equipamentos O-Inspect, multisensor óptico, tátil e laser para medição; O-Selec para medição óptica; e Comet LED, além do scanner 3D portátil.

No campo da microscopia, a empresa apresentou seu portfólio para análise de falhas, como o Smartzoom 5, que captura imagens 3D em tempo real, e o Axio Imager, para análise de partículas em alta precisão. As análises metalográficas foram demonstradas com os equipamentos Primotech, que possibilita a construção de uma rede sem fio, que conecta e acessa vários microscópios ao mesmo tempo. Apresentou ainda o Axio Vert, que examina amostras grandes e pesadas com métodos de contraste avançados e o Stemi 508, projetado para o trabalho diário de inspeções industriais.

ZEISS DuraMax Production CMM Machine

Porta Cabos

Estande da Porta Cabos. Imagem: Porta Cabos

A empresa marcou presença na FEIMEC 2018 com suas linhas de esteiras transportadoras, das quais citamos alguns modelos de ampla aplicação no mercado industrial.

Esteira Porta Cabos em Nylon Série Kombinata. São opções mais versáteis e seguras e de fabricação nacional. Aliam o dinamismo e as vantagens das correntes laterais em nylon, reforçado com fibra de vidro, com travessas em alumínio especial. Resistência e leveza em um mesmo conjunto, proporcionando maior versatilidade e segurança. Fabricadas em três modelos, com correntes laterais compostas de elos nos passos 65,0/ 95,0/ 125,0 mm e quatro variantes de travessas em alumínio adaptáveis milimetricamente à cada situação em particular.

Esteira Porta Cabos em Nylon Série Básica. São as versões mais modernas das esteiras plásticas com alças removíveis. São fabricadas em nylon reforçado com fibra de vidro, composto utilizado em plásticos de engenharia, como na indústria automobilística, por exemplo. Possuem alças superiores de abrir destacáveis que facilitam a montagem, tanto quanto a manutenção dos cabos, sem que seja necessário passá-los por todo o comprimento da esteira.

Esteira Porta Cabos Série Spina. Desenvolvidas para otimizar a dinâmica de cabos e mangueiras em movimentos 3D, em robôs e dispositivos de automação, que tenham como requerimento básico um movimento multidirecional, repetido e em alta velocidade. Projetados para garantir a condução de modo ordenado, dos condutores belas instalados e preservando o raio de curvatura mínimo especificados para estes. São fabricadas em polímero termo plástico de alta resistência a impacto e contemplam em seu núcleo um filamento metálico para alívio de tensão, assegurando vida longa a condutores e conectores em aplicações tridimensionais.




Comentários