Indústria de parafusos investe em revestimento em prol do meio ambiente

Os organometálicos têm boa proteção contra a corrosão

Aliar tecnologia na indústria ao cuidado com o meio ambiente é um dos grandes desafios do mercado de parafusos. O cliente busca soluções que atendam as suas necessidades de maneira eficaz e com menor custo, mas oferecer produtos dentro desses quesitos não é garantia de sucesso. “A indústria trabalha constantemente para inovar e minimizar os impactos da inovação no meio ambiente. Garantir recursos para o futuro, significa respeitar o ambiente natural, uma preocupação crescente entre os clientes ao escolherem fornecedores”, destaca o diretor comercial da CRV Industrial Parafusos, Rafael Vieira. 
 
O mercado químico oferece diversos revestimentos para elementos de fixação, porém entre eles um se destaca como o favorito para revestir arruelas, parafusos e porcas. O revestimento organometálico é uma tecnologia inovadora feita para tratar fixadores. “Seus grandes méritos são proporcionar mais resistência, durabilidade e eficiência às peças metálicas e evitar agressão ao meio ambiente”, explica o diretor comercial da CRV, que atua no mercado desde 2002 e é referência no fornecimento de fixadores e acessórios para indústrias e varejo de todo o Brasil. 
 
O revestimento organometálico, que reveste toda a linha de parafusos da empresa, é uma formulação química que contém flocos de zinco ou zinco e alumínio e não contém produtos perigosos, como o cromo hexavalente, chumbo e cádmio. “Apesar de ser uma tecnologia atual, o preço dela é bastante competitivo. Há outras vantagens agregadas, como mais facilidade na limpeza das peças e maior vida útil. Por isso esse tipo de revestimento é usado em vários ramos industriais como agroindústria, indústria naval, petroquímico, energia elétrica e eólica, eletroeletrônicos, construção civil e indústria automobilística”, pontua o diretor comercial da CRV. 
 
Resistentes a solventes orgânicos e derivados de petróleo, os parafusos revestidos com organometálicos suportam substâncias ácidas e alcalinas em baixa concentração. Esse revestimento também tem a função de proteger a peça contra o intemperismo. Com isso, antes de a peça metálica ser corroída, a camada revestida é a atingida. 
 
Os organometálicos são indicados para elementos de fixação em geral: parafusos, porcas, arruelas, abraçadeiras, grampos, etc. 
 
Vantagens do revestimento organometálico 
 
- Boa aparência; 
- Proteção contra a corrosão (240 – 1.500 horas, dependendo da especificação e da espessura de revestimento); 
- Resistência à temperatura; 
- Boa resistência química; 
- Ambientalmente amigável; 
- Boas características de coeficiente de atrito (em parafusos e porcas); 
- Não há risco de fragilização por hidrogênio; 
- Condutividade elétrica; 
- Outras propriedades de montagem. 



Comentários