Treinador de máquinas e engenheiro de inteligência artificial. Veja profissões em alta

Tecnologias, muitas vezes responsabilizadas por eliminar postos de trabalho, vão estimular a demanda de profissionais nos próximos meses, aponta MIT


Continua depois da publicidade


O futuro do trabalho será determinado pela inteligência artificial (AI, na sigla em inglês) e automação. Essas tecnologias eliminam alguns empregos, mas também criarão oportunidades e maior demanda por empregos. O MIT listou cinco carreiras em destaque, que vão movimentar o mercado de trabalho nos próximos meses.

1. Técnico em energia renovável

A indústria de energia está se transformando, afastando-se do carvão e indo em direção ao gás natural e às energias renováveis. Com essa mudança, vem a necessidade de mais trabalhadores. De acordo com o Bureau of Labor Statistics, nos Estados Unidos, instaladores de energia solar fotovoltaica e técnicos de turbinas eólicas serão as profissões de crescimento mais rápido em porcentagem nos próximos dez anos.

As tarefas desempenhadas por esses trabalhadores exigem destreza e mobilidade que os robôs estão longe de alcançar, de modo que a automação não será uma preocupação por algum tempo nesse segmento.

2. Instrutor de máquinas


Continua depois da publicidade


É preciso muito trabalho para treinar um software de inteligência artificial (AI) para que ele realmente seja inteligente. Uma empresa de robótica pode precisar de dados em milhares de instâncias para fazer uma máquina agarrar uma peça em uma linha de montagem, por exemplo.

Em dezembro, a Google contratou 10 mil talentos para ajudar a varrer seu conteúdo no YouTube e capacitar sua tecnologia de aprendizado de máquina. Os trabalhos criados podem não ser glamorosos, ou mesmo permanentes. Mas eles serão cruciais na transição para uma força de trabalho mais automatizada.

3. Engenheiro de AI

Empresas de AI estão em um frenesi de recrutamento – e funcionários com alto conhecimento sobre o assunto são tão difíceis de encontrar que os salários podem rivalizar com os dos atletas profissionais.

Na conferência Neural Information Processing Systems (NIPS) em dezembro de 2017,  empresas realizaram festas e lançaram mão de diferentes estratégias para caçar esses talentos. Provavelmente não há uma habilidade mais procurada no mundo da tecnologia do que essa – uma distinção que provavelmente se manterá no futuro.

4. Streamer de videogames

O site do jogo streaming Twitch já tem mais de 25 mil pessoas ganhando dinheiro em sua plataforma, e esse número está crescendo rapidamente. Com mais de 15 milhões de usuários ativos diários assistindo jogadores na plataforma, a demanda por conteúdo (e jogadores) está subindo rapidamente.

5. Cuidador

Embora muitos postos de trabalho possam ser automatizados, os cuidados de saúde ainda exigem interação social e  toque humano. Com o envelhecimento da população, aumentará a demanda por assistentes de saúde em casa e cuidados pessoais nos próximos dez anos. Apesar da necessidade de as pessoas preencherem esses empregos, muitos deles não pagam bem. Isso é algo que pode mudar em breve à medida que a demanda continua a aumentar.




Comentários