Chave de segurança AZM 400, da Schmersal, é indicada para máquinas de grande risco e ambientes mais agressivos

Multinacional alemã, líder mundial em sistemas de segurança para máquinas industriais, a Schmersal apresenta ao mercado brasileiro a Chave de Segurança com Travamento AZM 400, indicada para utilização em máquinas com portas pesadas em geral.

Desenvolvida para monitorar e travar uma porta ou proteção móvel que esteja instalada numa área de risco da máquina, a chave de segurança AZM 400 atende a categoria de segurança 4, SIL3 e PLe, tanto na supervisão da porta quanto no bloqueio, podendo ser aplicada em máquinas de maior risco e em ambientes mais agressivos.

Imagem: Divulgação

Este dispositivo de bloqueio é composto por um pino de travamento acionado por motor elétrico e um sistema sensorial do tipo RFID, garantindo que não haja manipulação no processo de segurança. Apenas quando a porta de proteção estiver na posição correta é que o pino de travamento pode ser ejetado. Desta forma, com o pino completamente inserido na posição de bloqueio, a chave envia um sinal seguro que autoriza o funcionamento da máquina.


Continua depois da publicidade


A AZM400 possui uma grande tolerância ao atuador e, com isso, pode ser utilizada em instalações sujeitas a vibrações ou desalinhamento de portas. A tolerância do atuador é de até 4 mm em todas as direções ao redor do eixo de travamento. A distância permitida entre o atuador e a chave é de até 7mm.

Devido ao princípio de funcionamento biestável, a última posição de travamento da AZM400 permanece intacta em caso de queda de tensão. Se ocorrer uma queda de tensão enquanto a chave estiver travada, as saídas de segurança são desligadas imediatamente e o pino de travamento permanece na posição estendida para que a porta de proteção  mantenha-se fechada.

O dispositivo de bloqueio de segurança AZM400 da Schmersal tem força de travamento de 10.000N, o que o torna ideal para portas pesadas. “Frequentemente as portas ficam tensionadas devido às juntas de vedação ou a um desalinhamento da porta de proteção. Para esta problemática de aplicação, a AZM400 permite um desbloqueio contra forças laterais de até 300N”, explica João Pedro Alvise, coordenador de produtos.

A solução conta ainda com desbloqueio auxiliar elétrico na versão ST2 que pode ser acionado por um sinal de tensão auxiliar, possibilitando o desbloqueio do dispositivo em caso de falta de energia ou na desconexão da alimentação principal.




Comentários