Skorpion Engineering acelera desenvolvimento de protótipos de carros de luxo em 50% com tecnologias de manufatura aditiva da Stratasys

A capacidade de responder às demandas do cliente dentro de 24 horas melhora a eficiência da cadeia produtiva, otimizando a linha de produção e acelerando o tempo de colocação no mercado. As tecnologias de manufatura aditiva oferecem precisão e desempenho aprimorados e redução do peso, comparadas às suas equivalentes tradicionais, em argila.


Continua depois da publicidade


A Stratasys (Nasdaq:SSYS), líder  global em soluções de tecnologia aditiva aplicada, acaba de anunciar que o Skorpion Engineering, bureau de serviços automotivos especializados, está produzindo protótipos automotivos complexos com 50% a mais rápido do que conseguiria por meio de métodos tradicionais.

Ao utilizar impressoras 3D da Stratasys, a Skorpion Engineering pode oferecer protótipos de alta resistência aos clientes, com 50% a mais de rapidez comparado aos métodos tradicionais na produção de peças de desempenho aprimorado. (Foto: Business Wire)

Com escritórios em Milão e Turim, na Itália, a empresa mobiliza seu arsenal de seis impressoras 3D da Stratasys para atender a uma grande variedade de protótipos automotivos para interior e exterior – de maçanetas de portas às estruturas dos bancos em tamanho real. Mais especificamente, utilizando suas impressoras 3D FDM, a Skorpion Engineering consegue atender às solicitações de clientes dentro de 24 horas, enquanto suas impressoras 3D PolyJet propiciam mais complexidade e precisão nas peças, em comparação aos protótipos tradicionais.


Continua depois da publicidade


Componentes automotivos de alto desempenho produzidos 50% mais rápido

De acordo com Italo Moriggi, gerente geral da Skorpion Engineering, a empresa testemunhou um súbito crescimento nos negócios quando os requisitos dos clientes mudaram de modelos rudimentares de argila para protótipos de alto desempenho, com prazos mais curtos.

Isso é exemplificado por um projeto recente, no qual a empresa produziu um para-choque automotivo em tamanho real. Utilizando a grande bandeja de construção do seu sistema de Produção 3D Fortus 900mc, a Skorpion Engineering produziu a peça 50% mais rápido do que o tempo que levaria para fabricar com argila. Moriggi explica: “No contexto do fluxo de trabalho de ponta-a-ponta da manufatura, a economia de tempo proporcionada pela impressão 3D não é apenas uma melhoria ou um progresso – é uma revolução. Na verdade, com a impressão 3D, nós conseguimos enviar os protótipos para os nossos clientes no dia seguinte”, detalha Moriggi.

Segundo o executivo da Skorpion Engineering, além da incrível redução de tempo, a capacidade de substituir os pesados protótipos de argila por matérias FDM leves, porém robustos, é essencial para apresentar aos clientes a aerodinâmica das peças, oferecendo também as mesmas características mecânicas do componente final.

“Basicamente, essa capacidade de produzir peças totalmente funcionais com desempenho melhorado possibilita que nossos clientes façam as verificações de estética e funcionalidade de forma significativamente mais rápida. Isso contribui para aperfeiçoar diretamente o ciclo de produção e ajuda a acelerar o tempo de colocação no mercado,” acrescenta Moriggi.

Protótipos customizados e precisos

Quando se trata de protótipos customizados e precisos, a empresa usa suas impressoras 3D Stratasys PolyJet. Em um projeto recente, por exemplo, a empresa utilizou a Impressora 3D Objet350 Connex3, que combina simultaneamente várias texturas de materiais rígidos e flexíveis, para produzir um painel de veículo altamente preciso em apenas uma impressão.

“O recurso de combinar características de materiais contrastantes permite otimizar peças e indicar como nossos clientes podem economizar tempo e capital, superando desafios de engenharia no início e na fase de design. No caso do painel, pudemos entregá-lo ao cliente 50% mais rapidamente, comparado com métodos tradicionais,” explica o diretor da Skorpion.

Segundo Moriggi, conforme continuavam a testar a capacidade de prototipagem das impressoras 3D Stratasys iam descobrindo o potencial mais amplo de manufatura que elas possuem. “Na verdade, nosso objetivo é utilizar a manufatura aditiva para concretizar a produção de um carro conceito, totalmente funcional, nos próximos cinco anos”, completa.

Zehavit Reisin, vice-presidente da Unidade de Negócios de Materiais da Stratasys destaca que a Skorpion Engineering é o exemplo perfeito de como inúmeras empresas prontas para o futuro estão não apenas explorando o uso das soluções de impressão 3D completas da Stratasys para resolver desafios de prototipagem tradicionais, mas também descobrindo recursos sem precedentes para a manufatura de peças finais. “Isso demonstra como a Stratasys aplica a inovação bem dirigida aos objetivos e aspirações do cliente”, conclui Reisin.




Comentários ()